icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/02/2015
12:06

Na última terça-feira, UFC confirmou oficialmente que Anderson Silva havia testado positivo para uso das substâncias drostanolone e androsterona, em exame feito antes do UFC 183. O site "Fight Corner" publicou uma cópia do que seria o exame de Spider.

Segundo o documento, Anderson Silva foi testado em Utah (EUA), no laboratório SMRTL (Sports Medicine Research & Testing Laboratory). Spider foi testado no dia 9 de janeiro, mas os testes chegaram dias depois a clínica.

O brasileiro ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso. O Ultimate divulgou um comunicado oficial lamentando o fato, mas ainda não confirmou qual será a punição para o ex-campeão.