icons.title signature.placeholder Fábio Aleixo
02/04/2014
08:00

A Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) não fará parceria com mais nenhum clube europeu para manter junta a base da Seleção feminina que conquistou o título mundial em dezembro do ano passado, na Sérvia.

Ao fim da temporada europeia, em maio, seis jogadoras que defendem o Hypo Niederösterreich tomarão caminhos diferentes. O fim do convênio entre a confederação e o clube austríaco já havia sido anunciado no dia 14 de fevereiro.

Desde então, a CBHb estudou a ideia de manter parceria com algum outro time europeu, tendo inclusive aberto negociações com o Bera Bera, da Espanha, e o Krim Ljubljana, da Eslovênia. Uma equipe dinamarquesa também surgiu como possibilidade. Porém, a entidade decidiu que não valeria mais manter em vigor tal modelo.

– As atletas estão indo para equipes fortes, conseguirão manter um bom nível de competitividade. Então, consideramos que não será mais necessário fazer este investimento. Esperamos que, no futuro, possamos repatriar estas jogadoras – afirmou ao LANCE! Manoel Luiz Oliveira, presidente da Confederação Brasileira de Handebol.

O dirigente, porém, não quis revelar os valores que foram investidos no Hypo desde 2011, quando teve início o convênio com a CBHb.

Alexandra Nascimento e a goleira Bárbara defenderão o Baia Mare, da Romênia. Para o mesmo país, mas para o CSM Bucareste, irão Fernanda, Ana Paula e Deonise. Dara ainda não se decidiu.

Como já era previsto, o técnico da Seleção, Morten Soubak, retornará ao Brasil para dar continuidade a outros projetos da confederação visando aos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

– Tenho certeza que as meninas manterão o mesmo nível, pois estarão jogando em clubes fortes da Europa. Esta é a situação que temos atualmente – afirmou Morten.

A parceria com o Hypo

O início
O convênio de cooperação entre a Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) e o clube austríaco foi firmado em 11 de julho de 2011. Oito jogadoras partiram para a Áustria.

As atletas
Atualmente, defendem a equipe Alexandra Nascimento, Ana Paula, Bárbara, Dara, Deonise e Fernanda, além de Francielle e Carol Minto, que não participaram do Mundial da Sérvia.

Conquistas
Em duas temporadas com as atletas brasileiras, a equipe conquistou dois títulos do Campeonato Austríaco e dois da Copa Áustria. Porém, falhou na tentativa de se firmar entre as principais potências da Europa, não obtendo grandes resultados no continente.

Fim
O anúncio do fim do convênio ocorreu em 14 de fevereiro. As brasileiras ficarão no Hypo até o fim  de maio.