icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/04/2014
15:32

Mais um caso de doping no atletismo e, dessa vez, no Brasil. O corredor de rua, Gilmar Silvestre Lopes, foi suspenso provisoriamente pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo) por uso de Hidrocloroatiazida e Metabólito (Cloraminofenamida), remédios diuréticos.

A amostra foi colhida durante a Copa Brasil Caixa de Cross Country, no dia 09 de fevereiro em Santa Catarina. Na prova dos 12km, Gilmar terminou na segunda colocação.

De acordo com comunicado oficial enviado pela CBAt, o atleta apresentou  justificativas no dia 28 de março de 2014, mas as mesmas não foram aceitas pela CBAt, conforme comunicado ao atleta em 16 de abril de 2014.

O atleta não requereu a contra-prova do exame no prazo determinado pelas Regras da IAAF e, portanto, a CBAt suspendeu o atleta provisoriamente a partir de 16 de abril de 2014.