icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/12/2013
16:23

A festa que a torcida tricolor estava preparando para recepcionar o argentino Dario Conca no Aeroporto Internacional Tom Jobim não vai mais contar com a principal estrela. Devido ao movimento grande neste final de ano, Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) pediu, por questão de segurança, para não ser feito nenhum tipo de festa na chegada do atleta, o que será respeitado.

- Assim que o Conca pisar em solo brasileiro, falaremos com exclusividade com ele. Se não é o ideal para este primeiro momento, ao menos traremos aos torcedores uma primeira mensagem do nosso craque em seu retorno ao país e ao Fluminense – afirmou o diretor de marketing do clube, Alexandre Vasconcellos.

O motivo alegado pela Infraero é de que o Galeão passa por reformas estruturais e para evitar qualquer tipo de problema, o ídolo vai deixar o local por uma saída especial, sem contato com os torcedores. Por conta disso, o clube prepara um material diferenciado que será veiculado nos canais oficiais.

Apesar da impossibilidade no aeroporto, o Fluminense está preparando algo especial para marcar esse reencontro entre ídolo e torcida. O departamento de marketing do clube vem tocando esse projeto.

- Este reencontro, de forma oficial, entre o Conca e os tricolores tem de ser algo especial. Vamos fazer de tudo para que esta segunda passagem do Conca nos traga muitos frutos dentro e fora de campo – contou o diretor de marketing.