icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
11/11/2013
09:17

O alívio demonstrado por Alexandre Pato após marcar o gol da vitória por 1 a 0 do Corinthians contra o Fluminense, neste domingo, em Araraquara, foi o mesmo dos companheiros de equipe. Dois deles fizeram questão de afirmar que o erro cometido no pênalti diante do Grêmio, pela Copa do Brasil, merece ficar no passado.

O goleiro Walter, que se destaca nessa reta final de Campeonato Brasileiro pelo Timão, acredita que o camisa 7, que causou polêmica nas redes sociais após o jogo, deixou o momento ruim para trás.

- Você viu a comemoração, ele limpou a alma. Fico feliz por ele - afirmou o camisa 27 do Corinthians, que quase não teve trabalho na partida contra o Tricolor carioca.

Outro que demonstrou alegria pela volta por cima de Pato foi o companheiro de ataque Emerson Sheik, que pediu continuidade a ele, além de afirmar que entende a comemoração com desabafo do jogador, que atirou a camisa para o chão.

- Acho que é justo, ele sabe que errou, sabe que cometeu uma falha grave (contra o Grêmio), mas é ser humano e todos nós estamos sujeitos a errar. O importante é ter a grandeza de saber que errou e continuar trabalhando, persistir. Foi o que nós tentamos desde o início, colocar pra ele que precisaria dar a volta por cima - afirmou o camisa 11 que, assim como Pato, está sendo pressionado pelas torcidas organizadas.


Pato marca no último minuto e empurra Flu para o Z4