icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/07/2014
13:26

O Comitê de Ética da Fifa anunciou nesta segunda-feira que irá dar um veredicto sobre as acusações de manipulação de voto nas eleições das próximas duas sedes da Copa do Mundo na primeira semana de setembro. A cargo das investigações está a Câmara de Investigação do Comitê, presidida por Michael García. Rússia e Qatar são acusados de comprar votos para ganharem o direito de sede dos Mundiais de 2018 e 2022, respectivamente.

O corpo da entidade internacional vai deliberar sobre o assunto nas próximas semanas e dará uma resposta final, que será encaminhada à Câmara Decisória, que é presidida pelo alemão Hans-Joachim Eckert.

O Comitê fez o anúncio em um breve comunicado, que foi colocado no site oficial da Fifa.