icons.title signature.placeholder Daniela Caravaggi
08/03/2014
09:10

Botafogo e Comercial se enfrentam pela 165ª vez neste sábado, às 18h30, em partida válida pelo Campeonato Paulista. O clássico do interior, conhecido como 'Come-Fogo', ficou marcado por muitas brigas em sua história. A consciência da grande rivalidade dos times de Ribeirão Preto fez com que os clubes pedissem paz entre os torcedores que irão assistir ao jogo no estádio Santa Cruz. O técnico do Bafo, Vagner Benazzi, que atuou como jogador do clube entre 1979 e 80, não ficou fora dessa “campanha” e destacou a importância da torcida saudável para quem vai ao estádio.

– É só uma rivalidade, de um gostar de uma cor e outro de outra. Neste clássico, as famílias se juntam e vão ao estádio e é muito importante que haja tranquilidade para brigas e desavenças não acontecerem. Se acontecem, fica um arrependimento e a situação não volta – ressaltou o técnico, em entrevista ao LANCE!Net.

Velho conhecido do rival, Benazzi salvou a Pantera do rebaixamento do Estadual em 2012. Há pouco mais de um mês no Comercial, o treinador encontra situação semelhante. Com 11 pontos, o Bafo luta para não ter uma das quatro piores campanhas do Campeonato Paulista deste ano. Segundo Benazzi, o segredo para reerguer um time nesta situação é acima de tudo entender os atletas.

– Eu consegui tirar o Botafogo. Agora, é a vez do Comercial. É preciso conversar individualmente com cada jogador e unir o grupo. No futebol, é preciso falar a língua deles. Acho muito difícil para quem não jogou ser treinador, por não ter sofrido todas as passagens e por não saber tratar um jogador – destacou.

Confira a matéria completa na Arena White Horse!