icons.title signature.placeholder Murilo Dias
27/06/2014
11:01

Pablo Mouche, Fernando Tobio e todo os jogadores do Palmeiras realizaram mais um treinamento na manhã desta sexta-feira, no Hotel Bourbon, em Atibaia. Após realizarem exercícios físicos sob o comando da comissão técnica de Gareca, o elenco alviverde participou atuou por meia hora de um treino coletivo.

Em duplas, os jogadores treinaram toques de bola presos uns aos outros. A dupla de reforços atuou com Leandro e Juninho, durante esta parte do treino, realizado em um dos campos alternativos do Hotel. Enquanto isso, os goleiros treinavam no campo principal.

Ricardo Gareca assumiu o comando da atividade e separou dois times para uma espécia de treino coletivo, no qual a saída de bola recebeu maior atenção. O comandante exigiu seu time pressionando e exercitou seu comando durante o trabalho. Fábio, Wendel, Lúcio, Tobio, Marcelo Oliveira; Renato, Wesley, Bruno César e Felipe Menezes, Diogo e Henrique atuaram contra Deola, Léo Cunha, Tiago Alves, Wellington e William Matheus; Eguren, Josimar, Mazinho; Leandro, Miguel e Mouche. A todos os momentos, Gareca pedia para que seus jogadores pressionassem o adversário.

- Não deixem o goleiro pensar. Pressiona, pressiona - gritava Gareca.

Para os titulares, o treinador pedia pressão, que não deixassem o adversário pensar. Para os reservas, Gareca orientava seus jogadores para sair da pressão e armar o contra-ataque. Do treino coletivo, destaques para a atuação de Diogo no ataque, a presença de Tobio no setor defensivo do time titular e a atuação de Mouche do lado direito do ataque palmeirense. O elenco do Palmeiras ainda treinou jogadas de linha de fundo e cruzamentos.

Juninho, Bernardo, Patrick Vieira e os jovens da base que estão com o Verdão em Atibaia acompanharam o treinamento do banco de reservas e foram alertados pelo assistente Alberto Valentim:

- Prestem atenção, porque ele pode fazer perguntas depois - em referência ao técnico Gareca.

O Verdão volta a campo às 16h desta sexta. O elenco deve receber folga no sábado, para acompanhar o jogo da Seleção Brasileira, pelas oitavas de final da Copa do Mundo.