icons.title signature.placeholder Thiago Ferri
05/06/2014
08:06

Do trio de gringos desejado pelo Palmeiras, o zagueiro Fernando Tobio pode ser o único a chegar. O atacante Lucas Pratto, companheiro do beque no Vélez Sarsfield (ARG), e Jorge Moreira, lateral-direito do Libertad (PAR) e sonho antigo, têm suas contratações vistas com pessimismo pela diretoria. Para tais vagas, o clube já começa a buscar outras opções.

Pelo defensor argentino de 24 anos, a cúpula considera ter a situação muito bem encaminhada, dependendo de “detalhes comuns” para acertar um vínculo de longa duração com o jogador, um pedido do novo técnico, Ricardo Gareca.

Visto como uma opção viável dentro da política de contenção de gastos do Verdão, Tobio chegará de graça (o contrato com o Vélez vale até 30 de junho) e precisa acertar apenas a pequena distância salarial que há entre atleta e clube.

Pratto, seu companheiro de Vélez, por sua vez, está mais distante. O atacante de 25 anos também foi comandado por Gareca e agrada ao treinador, mas a alta pedida dos argentinos – 4,5 milhões de euros (R$ 13,8 milhões) – fez o Verdão começar a estudar outras opções.

O Valencia (ESP) também quer o jogador, e mantém diálogo com o clube de Liniers para tentar viabilizar o acordo – sua primeira oferta foi recusada. A diretoria do Verdão, por sua vez, ainda não falou com a do Vélez pelo atacante. O clube só vende 100% dos direitos de Pratto. Uma possibilidade que viabilizar sua chegada ao Alviverde é a busca por um investidor. O jogador, enquanto isto, só aguarda.

– Quando outros clubes desejam a sua contratação, é porque você está fazendo bem as coisas e isso é reconfortante. Temos que ficar tranquilos, sei das ofertas que existem, e se for conveniente ao clube, vamos sentar para conversar. Se não, continuo no Vélez, onde estou muito bem – afirmou, de acordo com o diário argentino “Olé“.

Com Moreira, a novela existe desde o fim do ano passado. O lateral chamou a atenção de Gilson Kleina na Libertadores, e a diretoria não conseguiu chegar a um acerto com os paraguaios.

O prestígio do jogador, porém, se dava especialmente com a comissão técnica anterior – ao menos por enquanto, este não é o principal nome na mira de Ricardo Gareca, que avisou esperar por contratações.

A diretoria também sabe da necessidade de reforçar estes três setores, carentes no atual elenco. O foco, porém, segue em não fazer loucuras, diante da situação financeira ruim do Verdão. Técnico e torcida terão de ter paciência.

Antes da Copa, sul-americanos movimentam mercado da bola

SITUAÇÃO DO TRIO

TOBIO
Seu contrato com o Vélez (ARG) acaba no dia 30 e não será renovado. Os argentinos, porém, batem o pé e querem que ele se reapresente dia 9, e fique até o fim do mês treinando no clube. O atleta está animado com o Palmeiras, e seu estafe espera um acerto ainda nesta semana.

PRATTO
Tem contrato até junho de 2016 com o Vélez, mas quer jogar no Palmeiras. Seu clube topa vendê-lo por 5 milhões de euros (R$ 15,5 milhões), só que o estafe do jogador crê em negócio com o Verdão por 4,5 milhões de euros (R$ 13,8 mi). O valor é tido como elevado demais para o Palmeiras, que ofertou 2,5 milhões de euros (R$ 7,6 milhões) por 50% dele. A proposta, feita por fax, foi recusada pelo time de Liniers.

MOREIRA
Alvo desde o fim de 2013, vale US$ 1,5 milhão (R$ 3,3 milhões) segundo o Libertad (PAR). O Verdão tentou diminuir o valor, mas não obteve sucesso. Seu agente, que intermediava o diálogo com o Verdão, foi assassinado, e isto atrapalhou, também. O jogador viria para uma posição carente no elenco (só Wendel é opção). Ele disse a amigos recentemente que conversava com seu clube para facilitar sua saída.