icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/11/2013
09:52

Com um time jovem, com média de idade de 23 anos, o Minas vê um encontro de gerações em suas líberos. Arlene, de 43, e Laís, de 17, são responsáveis por representar a equipe na posição e a revelação não esconde a admiração pela experiente jogadora, que disputou todas as edições da Superliga.

- Acho que é uma experiência única. Eu nunca pensei que teria essa oportunidade de jogar ao lado de quem tem tanto tempo de vôlei. A Arlene jogou todas as edições da Superliga, conquistou títulos e tenho muito a aprender com ela. Poder conviver e treinar com ela é muito bom, me faz crescer - afirmou Laís.

Para Arlene, ajudar uma jogadora que está começando é uma motivação. A líbero acredita que sua companheira tem chances de fazer parte do grupo que irá disputar a Olimpíada de 2020. Laís terá 24 anos na ocasião.

- É legal, mais uma motivação para continuar fazendo o melhor que eu posso e tentar ajudar da melhor maneira possível. Isso inclui não só elogios, mas também ensinamentos e cobranças - disse Arlene.