icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/06/2014
17:52

A França estreou bem na Copa do Mundo, com vitória sobre Honduras, por 3 a 0, em jogo realizado na tarde deste domingo, no Estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre (RS). Os gols da vitória foram marcados por Benzema, duas vezes, e Valladares, contra. Os Azuis tiveram o controle do jogo e ganharam sem maiores dificuldades, apesar da torcida local pela Bicolor. Dois fatos muito curiosos marcaram a partida: os hinos nacionais das seleções não foram executados por causa de um problema no sistema de som do Beira-Rio; e o segundo gol da França foi submetido à tecnologia do 'GoalControl', que confirmou que a bola entrou por completo no gol. Esta, aliás, foi a primeira vez na história em que tal tecnologia foi usada num Mundial.

Na próxima rodada, Honduras enfrenta o Equador, na sexta-feira, às 19h, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). Já a França encara a Suíça na mesma data, porém na Fonte Nova, em Salvador (BA), às 16h.

MUITAS CHANCES, MAS SÓ UM GOL

A França dominou completamente o primeiro tempo. Honduras bem que tentou se segurar como pôde, com muitas faltas e até um pouco de cera. Os Azuis investiam muito no ataque com Pogba, Valbuena e Benzema, mas esbarravam numa defesa repleta de jogadores. Sandro Meira Ricci teve trabalho e distribuiu quatro cartões na primeira etapa. O principal deles foi o vermelho para Palacios, que cometeu pênalti e foi para o chuveiro mais cedo. Só assim Benzema conseguiu mandar para as redes. O camisa 9 do Real Madrid cobrou a penalidade com perfeição, sem chance para Valladares, que nem saiu na foto: 1 a 0 França. Depois, os europeus seguiram pressionando, mas não conseguiram ampliar na primeira etapa.

GOL COM DIREITO À TECNOLOGIA E MAIS BENZEMA

Logo que começou o segundo tempo, a França partiu para o ataque. Após cruzamento, Benzema, de novo ele, chutou na trave esquerda, a bola foi para a direita, em direção ao gol. O goleiro Valladares tentou salvar, mas acabou jogando a pelota para dentro. O árbitro Sandro Meira Ricci não pensou duas vezes e apontou para o centro do gramado: gol da França - 2 a 0. Os jogadores e o técnico de Honduras reclamaram muito, assim como o público, que não gostou nada da decisão. Foi então que entrou em ação, pela primeira vez na história de competições oficiais da Fifa, a tecnologia do 'GoalControl', que apontou o gol legítimo.

Com 2 a 0 no placar, a França passou a ter mais calma, porém ainda com ímpeto ofensivo. Àquela altura da partida, Honduras estava mais recuada do que nunca, com pressa para ouvir o apito final. Benzema, presente em todos os lances de perigo de ataque da França, marcou mais um gol aos 27 do segundo tempo. Após cobrança de falta com direito a rebote, a bola sobrou mais uma vez para o artilheiro francês, que fuzilou para o fundo da rede: 3 a 0. Após o terceiro gol, a França diminuiu o ritmo e só administrou o placar. Vitória fácil, em bela estreia dos Azuis.

FICHA TÉCNICA
FRANÇA 3 X 0 HONDURAS

LOCAL: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
DATA: 15/6/2014
ÁRBITRO: Sandro Meira Ricci (BRA)
AUXILIARES: Emerson de Carvalho e Marcelo Van Gasse (BRA)
PÚBLICO: 43.012 pagantes
CARTÕES AMARELOS: Evra, Pogba e Cabaye (FRA); Palacios, García e Garrido (HON)
CARTÃO VERMELHO: Palacios (HON)
GOLS: Benzema, aos 44'/1°T (1-0); Valladares (contra) aos 2'/2°T (2-0); Benzema, aos 27'/2°T (3-0)

FRANÇA: Lloris; Debuchy, Varane e Sakho, Evra; Cabaye (19'/2°T Mavuba), Matuidi e Pogba (Sissoko, aos 11'/2°T); Valbuena (Giroud, aos 32'/2°T) e Griezmann; Benzema. Técnico: Didier Deschamps.

HONDURAS: Valladares; Beckeles, Figueroa, Bernárdez (Chávez, intervalo) e Izaguirre; Andy Najar (Claros, aos 13'/2°T), Garrido, Wilson Palacios e Espinoza; Costly e Bengtson (García, intervalo). Técnico: Luis Fernando Suárez.