icons.title signature.placeholder Daniela Caravaggi
14/07/2014
07:06

A volta de Kaká e um time cheio de estrelas deverão ajudar o São Paulo a conseguir novos patrocínios. Pelo menos, essa é a esperança do marketing tricolor.

A Semp Toshiba, patrocinadora master do São Paulo, terá seu contrato encerrado no fim de julho. O clube, que fechou patrocínios pontuais nos últimos jogos do Brasileirão e da Copa do Brasil, optou por não acertar com nenhuma marca para o jogo contra o Bahia, na quarta-feira. Segundo o diretor comercial do São Paulo, Marcelo Pepe, as atenções estão voltadas para busca de patrocinadores "masters" para o lugar da empresa que sairá.

Sim, patrocinadores no plural. O dirigente revelou um novo projeto do marketing tricolor, que não terá apenas um patrocinador master estampado na camisa. Quatro cotas no valor de aproximadamente R$ 9 milhões serão colocadas à venda. As empresas que adquirirem farão um "rodízio" e terão suas marcas estampadas cada jogo em um lugar (na frente, nas costas, na manga ou na barra de trás). O valor é por um ano de contrato.

– Mudamos um pouco para agregar mais empresas. É difícil vender um patrocínio de milhões. Pode não dar certo, mas tentaremos. Estamos com uma verdadeira orquestra no São Paulo: Ganso, Luis Fabiano, Rogério Ceni, Pato, Kaká.... As Conversas estão avançadas. Com o fim da Copa do Mundo o mercado ficará mais movimentado. Essa foi uma ideia que partiu do diretor de marketing – disse Pepe, ao LANCE!Net.

A ideia é que o clube atraia mais empresas, que teriam de pagar o dobro desse valor caso quisessem ter um lugar privilegiado no outro formato de venda, com apenas um patrocinador master. Dessa forma, ela não deixará de ter sua marca nos jogos e também na frente da camisa (mesmo que não seja em todas as partidas). Com isso, o clube pretende conseguir com mais facilidade os patrocinadores e ganhar mais. Caso essas sejam vendidas, serão R$ 36 milhões arrecadados.