icons.title signature.placeholder David Nascimento, Eduardo Mendes, Pedro Leanza e Walace Borges
18/06/2014
10:11

Os salários dos funcionários administrativos da sede do Flamengo, na Gávea, também sofreram atraso de uma semana em referência ao mês de junho. O clube, por sua vez, nesta ocasião, argumentou com estes funcionários que a "culpa" pelo atraso no pagamento foi do banco conveniado, sem ter tido participação direta dos executivos rubro-negros.

Vale destacar que os salários dos diretores executivos, entretanto, não sofreram atraso no momento do pagamento neste mês, mesmo com estes vencimentos sendo considerados elevados. Isto fez com que os funcionários duvidassem da justificativa da diretoria rubro-negra.

No caso dos funcionários da sede, os salários já atrasaram outras duas vezes nestes 18 meses de gestão do presidente Eduardo Bandeira de Mello.