icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/07/2014
17:08

Revelação das categorias de base do Santos em 2011, e atualmente em baixa, Geuvânio faz parte do grupo de 20 jogadores relacionados para a viagem a Londrina para a partida desta quinta-feira, às 21h, pela ida da terceira fase da Copa do Brasil. A delegação é formada só por atletas que não são considerados titulares, e 17 dos 20 nomes passaram pela base antes de se profissionalizarem.

Todos os jogadores de defesa (os dois goleiros, os três laterais e os três zagueiros) são Meninos da Vila de gerações diferentes. Os únicos três que destoam são o volante Renato, ídolo do clube, mas revelado no Guarani, o meia Souza, criado no futebol goiano, e o atacante argentino Patito Rodríguez. Alan Santos foi contratado do Vitória em 2009, mas jogou pelo sub-20 do Peixe.

– Não vejo nenhum outro clube com essa possibilidade que o Santos tem, de usar nove da base em uma partida de Copa do Brasil e ter outros tantos no banco. É um exemplo para o futebol, um privilégio – disse ontem o técnico Oswaldo de Oliveira.

O comandante santista ganhou notoriedade no uso de jovens na campanha que levou o Botafogo à Libertadores, ano passado, e também no primeiro semestre de 2014, já pelo Santos. Após a pausa do Brasileiro para a Copa do Mundo, só dois da base (Alison e Gabriel) foram titulares nas três partidas, contra Palmeiras, Fluminense e Chapecoense.