icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/07/2014
08:02

Apesar da situação um pouco confortável na Copa do Brasil (pode perder por até um gol de diferença que avança para as oitavas), o Vasco está na 10ª colocação da Série B e a pressão sobre os seus jogadores está cada vez maior. Em razão disso, o "xerife" Rodrigo, que voltou aos treinos nesta segunda-feira após lesão no joelho direito, pode retornar ao time titular no jogo desta quarta, contra a Ponte Preta, pela Copa do Brasil, em São Januário.

No último jogo, também contra a Ponte Preta, mas pela Série B, a equipe empatou em 0 a 0 e, além de ter de aturar protestos da torcida, teve atuação contestada até mesmo pelo técnico Adilson Batista.

E MAIS
> Rodrigo Caetano garante permanência de Montoya em São Januário
> Eurico e Roberto Monteiro se 'unem' para evitar adiamento da eleição
> Resenha da Colina: 'Bateu o medo, porque quem deve, teme...'

LANCE!TV
> Cheio de carisma, Guiñazú faz a alegria de jovens no Vasco
> Titulares do Vasco vencem em treino com belo gol de Dakson
> Goleiro artilheiro! Martin Silva vai ao ataque e faz dois gols no treino
> Para Guiñazú, Vasco precisa melhorar rápido na Série B



Em momentos como este, a experiência costuma pesar. Por isso, o jovem Luan, de 21 anos, pode deixar a vaga no time titular para que a defesa seja formada por Douglas Silva, 30 anos, e Rodrigo, de 33, e que foi testada no coletivo de segunda, na Colina.

Caso a entrada de Rodrigo seja confirmada, o Vasco teria uma espécie de segundo capitão em campo. Isto porque o camisa 3 tem características de liderança, foi capitão por quase todos os clubes que passou e, durante a lesão de Guiñazú, foi quem ficou responsável por ostentar a braçadeira do Vasco.


Adilson pode escalar zaga experiente na Copa do Brasil (Foto: Ale Cabral/ LANCE!Press)

Ao ser questionado sobre o possível retorno de Rodrigo ao time, o próprio Guiñazú disse que aprende com o companheiro sobre liderança.

– Já o conheço, sei da capacidade dele. É um zagueiro incrível. Tentamos aprender com ele, como o líder e o jogador que é. Se ele realmente voltar ao time, vai nos ajudar bastante.

Se Adilson escalar Rodrigo, a torcida espera que a voz da experiência prevaleça e o Vasco vença.