icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/07/2013
18:26

O presidente Juvenal Juvêncio tem acompanhado diariamente os treinamentos da equipe do São Paulo, no CT da Barra Funda. Nesta quinta-feira, enquanto os jogadores reservas enfrentavam o time Super 20 do clube, que é composto por atletas que têm vínculo com o clube e já não se encaixam em uma categoria inferior e não fazem parte do time principal, o mandatário, ao lado de alguns dirigentes tricolores, assistiu aos trabalhos.

O diretor de futebol do clube, Adalberto Baptista, chegou durante o treinamento. Horas depois, foi conversar com o técnico Paulo Autuori, no campo. Em seguida, reuniu o elenco em uma das salas do CT e anunciou que a renúncia ao cargo. Na última partida, diante do Internacional, um torcedor levou uma faixa criticando a atual cúpula são-paulina. Em meio à crise - são 11 jogos sem vencer, a maior sequência negativa da história do clube -, Juvenal tem sido alvo de protestos.

Enquanto isso, os titulares fizeram uma atividade regenerativa, na academia. Alguns atletas foram a campo e realizaram trabalhos técnicos, com o preparador físico. Os atacantes Aloísio, suspenso para a próxima rodada, e Osvaldo, substituído diante do Internacional, correram no gramado.

O lateral-esquerdo Clemente Rodríguez, que ficou fora do último confronto por conta de dores na coxa esquerda, será reavaliado neste sexta-feira e pode retornar aos treinamentos.

- Amanhã (sexta-feira) farei um teste. Vamos ver, mas não sei se jogarei - declarou, em contato com os jornalistas.

O elenco tricolor volta aos treinamentos, na manhã desta sexta-feira, no CT da Barra Funda, visando ao confronto diante do Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro.

O presidente Juvenal Juvêncio tem acompanhado diariamente os treinamentos da equipe do São Paulo, no CT da Barra Funda. Nesta quinta-feira, enquanto os jogadores reservas enfrentavam o time Super 20 do clube, que é composto por atletas que têm vínculo com o clube e já não se encaixam em uma categoria inferior e não fazem parte do time principal, o mandatário, ao lado de alguns dirigentes tricolores, assistiu aos trabalhos.

O diretor de futebol do clube, Adalberto Baptista, chegou durante o treinamento. Horas depois, foi conversar com o técnico Paulo Autuori, no campo. Em seguida, reuniu o elenco em uma das salas do CT e anunciou que a renúncia ao cargo. Na última partida, diante do Internacional, um torcedor levou uma faixa criticando a atual cúpula são-paulina. Em meio à crise - são 11 jogos sem vencer, a maior sequência negativa da história do clube -, Juvenal tem sido alvo de protestos.

Enquanto isso, os titulares fizeram uma atividade regenerativa, na academia. Alguns atletas foram a campo e realizaram trabalhos técnicos, com o preparador físico. Os atacantes Aloísio, suspenso para a próxima rodada, e Osvaldo, substituído diante do Internacional, correram no gramado.

O lateral-esquerdo Clemente Rodríguez, que ficou fora do último confronto por conta de dores na coxa esquerda, será reavaliado neste sexta-feira e pode retornar aos treinamentos.

- Amanhã (sexta-feira) farei um teste. Vamos ver, mas não sei se jogarei - declarou, em contato com os jornalistas.

O elenco tricolor volta aos treinamentos, na manhã desta sexta-feira, no CT da Barra Funda, visando ao confronto diante do Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro.