icons.title signature.placeholder Thiago Ferri
10/06/2014
18:56

Muito pessimista quanto à possibilidade de trazer Lucas Pratto, o Palmeiras deu sequência à análise de outros nomes do futebol sul-americano. E, se está distante do atacante pedido por Ricardo Gareca, o clube estuda trazer outro argentino: Pablo Mouche. O atleta de 26 anos de idade foi durante seis anos do Boca Juniors (ARG), mas desde 2012 está no Kayserispor (TUR).

Pratto, jogador do Vélez Sarsfield (ARG), só não foi descartado porque o clube ainda tenta viabilizar a negociação com um investidor. O time de Liniers bate o pé e só aceita negociar 100% dos direitos do jogador, por ao menos 4,5 milhões de euros (R$ 13,8 milhões). O valor é considerado muito elevado pelo Palmeiras. Foi diante da posição dos hermanos que o clube passou a analisar novos nomes do futebol sul-americano.

Negociado com o futebol turco há dois anos, Mouche tem contrato até o meio de 2015 com o Kayserispor. O clube pagou quase três milhões de euros (cerca de R$ 9 milhões atualmente) ao Boca pelo atleta, por 70% de seus direitos. Embora o Verdão busque um jogador para a vaga deixada aberta por Alan Kardec, seu então centroavante, o argentino não tem como característica ser um goleador.

Quando chegou, Gareca avisou da necessidade de trazer reforços ao Palmeiras - para a lateral direita, Cicinho, do Sevilla (ESP), é um nome estudado pela cúpula. Na zaga, o time acertou com Fernando Tobio, de 24 anos. O atleta do Vélez tem contrato até o fim do mês com o clube, e depois disto deve ser anunciado pelo Alviverde. O vínculo será de cinco anos.