icons.title signature.placeholder Marcelo Braga
10/12/2013
23:15

Enquanto os pontepretanos se confraternizavam pelas ruas de Buenos Aires, na véspera da final da Copa Sul-Americana, milhares de argentinos celebraram nesta terça-feira os 30 anos de democracia ininterrupta no país, com uma festa na Plaza de Mayo.

A presidente Cristina Kirchner, que se recupera de uma cirurgia no crânio, discursou para o povo. A festa "Democracia para sempre" ocorreu mesmo com os sete mortos e dezenas de feridos na onda de saques que atinge diversas províncias afetadas pela greve policial no país.