icons.title signature.placeholder Eduardo Moura
11/12/2013
19:49

Com muita festa, muita descontração e nomes campeões da história do Grêmio, o clube festejou os 30 anos do Mundial de 83 na tarde desta quarta-feira, na Arena. Em um jogo do time que venceu o Hamburgo - com reforços, claro - contra gremistas ilustres e ex-atletas do clube, tais como Rodrigo Mendes, Dinho e outros. O duelo acabou empatado em 3 a 3. Jardel levou à loucura os cerca de 1,8 mil gremistas na Arena, com gol de pênalti - já havia desperdiçado um outro.

Foram dois tempos de 45 minutos. A maioria dos jogadores, já veteranos, sentiram o ritmo, claro. O time de 83, com a camisa tricolor, tinha personagens como Mazaropi, Baidek, Paulo Cesar Magalhães, Osvaldo, Tarciso e outros que estiveram em campo contra o Hamburgo. Tiveram reforços como Paulo Nunes e Jardel, campeões da América em 95. No rival, com a camisa branca, celebridades e figuras como Dinho, Patrício, Rodrigo Mendes, Arilson e Carlos Miguel.

A torcida, composta basicamente por crianças e jovens, urrava nos desarmes de Dinho, nos toques na bola de Jardel, nas defesas de Mazaropi - duas grandes intervenções, uma delas em cabeçada à queima-roupa -, e nas jogadas de efeito de Carlos Miguel e Arilson, autor de um golaço de fora da área. O volante levou os presentes à loucura com um carrinho em Lambari.

O time de branco abriu 3 a 0 - gols de Arilson, Magno e Tefo. E aí a arbitragem deu uma "mãozinha" para os tricolores e, especificamente, para Jardel. O centroavante buscava o gol todo momento. Foi agraciado com um pênalti. Era a chance ideal. Mas o camisa 16 jogou para longe. Minutos depois, mais uma penalidade máxima marcada. Desta vez o centroavante não desperdiçou e marcou o primeiro dos tricolores. Depois, Lambari marcaria outras duas vezes.

O duelo virou uma grande festa a partir do segundo tempo. No intervalo, Paulo Nunes foi no reservado do time branco para pedir calma aos jogadores. Peitou o amigo Dinho após o carrinho do Cangaceiro. Patricío deu fôlego para o time tricolor e mudou de lado. Tudo em clima descontraído no gramado da Arena. Os 30 anos do Mundial foram bem comemorados pelo clube.