icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/11/2013
16:20

Entre os dias 11 e 20 de novembro, o Corinthians receberá, no salão nobre do Parque São Jorge, um torneio de pôquer com participação de celebridades, na intenção de promover o jogo que se tornou esporte há três anos. Nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, os organizadores da competição explicaram os detalhes do evento e aproveitaram até para alfinetar os clubes rivais.

Como informou a coluna De Prima nesta sexta-feira, o "Corinthians Poker Circuit" será patrocinado por uma empresa de apostas, rendendo R$ 1 milhão aos cofres do clube. Questionado sobre o fato de que até no pôquer o Timão angaria receitas, ao contrário de outros clubes, que não têm patrocínio nem no espaço nobre de suas camisas, o diretor social, Ilmar Schiavenato, sorriu e brincou.

- Temos que procurar parceiros, e encontramos esse, que é grande. Foi um valor representativo, porque o Corinthians tem uma marca. A gente ostenta o Corinthians. Não tem que pensar pequeno em nenhum momento. Quanto aos outros clubes, deixa eles - afirmou, ironizando rivais paulistas, como Santos e Palmeiras, que têm encontrado dificuldades para efetivar um patrocínio master.

Além do evento deste mês, o Corinthians deseja se inserir no esporte de vez em 2014, quando os organizadores farão um torneio durante a Copa do Mundo para atrair turistas e curiosos.

- O Corinthians vem inovando em uma série de atividades, e uma delas é o pôquer. Começamos a desenvolver por se tratar agora de um esporte. Pretendemos, nesse evento, tornar o Corinthians também muito grande no pôquer - afirmou Ilmar.