icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/06/2014
08:32

Não foi da exata maneira que estava planejado. Mas também não saiu tão longe da curva assim. A campanha do Grêmio nas nove primeiras rodadas do Brasileirão deixou o clube entre os primeiros da competição. Além do período para preparação tática da equipe, a parada durante a Copa do Mundo também serve para que o baque psicológico da eliminação da Libertadores seja totalmente enterrado.

O Tricolor caiu nas oitavas de final da competição para o San Lorenzo, na Arena. A esperança de seguir em frente era grande, mesmo com a derrota por 1 a 0 no primeiro jogo, na Argetina. Na campanha do Brasileirão, contabiliza empates com Santos, Sport e Palmeiras e derrotas para o São Paulo após queda na competição continental. O zagueiro Rhodolfo citou uma "tristeza" após a desclassificação.

- Não fomos mal na primeira parte, mas demos alguns vacilos em jogos que dava para ter vencido e acabamos empatando ou perdendo. Começamos no retorno jogando em casa, temos que vencer, começar a encostrar nos líderes. Temos que evitar os vacilos, mas era começo do Brasileiro, estávamos meio tristes pela saída na Libertaodres. Agora com o elenco se fortalecendo, tenho certeza que nesse segundo semestre vamos alcançar coisas melhores - prometeu Rhodolfo.

Depois das contratações de Matías Rodríguez, Fellipe Bastos e Giuliano, todos colocam o Tricolor como canditato ao título brasileiro e com elenco parelho com o restante dos adversários.

- Temos um elenco forte, temos vários jogadores para várias posições. Conheço o Giuliano de algum tempo, joguei contra ele quando estava no Atlético-PR, contra o Paraná. É difícil de ser marcado, é inteligente, rápido ali na frente. Vai nos ajudar muito no Brasileiro. Temos um elenco forte e vamos brigar pelo título. São quatro pontos do líder, tem muita coisa para acontecer - completou o camisa 4.

O Grêmio segue sua rotina de treinamentos nesta sexta-feira. Ao contrário dos últimos dias, o clube só treinará no período da tarde, no Estádio Olímpico.