icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/03/2014
12:07

Com pouco espaço no time do Flamengo, Carlos Eduardo, que chegou a ficar fora de jogos do Campeonato Carioca e da Libertadores, foi escalado pelo técnico Jayme de Almeida para o jogo contra o Bolívar, na noite de quarta-feira, em La Paz. Ele foi o esolhido pelo técnico Jayme de Almeida para a vaga de Elano, com dores na coxa direita.

Para quem espera uma reação do apoiador - um dos mais criticados pelos torcedores rubro-negros -, pelo menos nos números dele na partida, ficou decepcionado mais uma vez. Segundo o site Footstats, Carlos Eduardo deu dois lançamentos certos no jogo. Em um deles, inclusive, Paulinho teve ótima chance de empatar a partida, mas acabou desperdiçando.

E MAIS
- Libertadores não perdoa! Relembre falhas individuais que custaram caro
- Ingressos para o jogo de entrega da Taça Guanabara ao Fla já estão à venda

Pela Libertadores, esta foi a primeira partida como titular. Contra o Bolívar, no Maracanã, o camisa 20 entrou na vaga de Cáceres. Nas duas primeiras rodadas da competição sul-americana, o jogador não teve oportunidades.

- Pelo nível técnico, acho que fui bem, No segundo tempo, me soltei mais - disse Carlos Eduardo, nesta quinta-feira, no desembarque do Flamengo, no Aeroporto Tom Jobim.

Ainda de acordo com o Footstats, Carlos Eduardo deu 39 passes na partida em La Paz, 35 deles certos. Ele chutou ao gol adversário uma vez e deu um drible correto. Apesar da derrota e da atuação apática, que deixou o Flamengo em situação complicada no Grupo 7 da Libertadores, Carlos Eduardo afirmou que o time está de parabéns.

- A equipe correu bem na altitude, mostrou um bom futebol e estamos de parabéns. Jogamos de igual para igual, poderíamos ter sido pior por conta da altitude - afirmou.

No clube, a saída de Carlos Eduardo no meio do ano, quando terminará o contrato dele, é tida como certa. Ele comentou a sua situação na manhã desta quinta, garantindo que tem se empenhado até o fim. Para o apoiador, a passagem dele pela Gávea pode ser considerada como vitoriosa, principalmente pelo fato de ter conquistado a Copa do Brasil, em 2013. Ele reconheceu que poderia rendar mais, mas se diz satisfeito.

- Sempre pensamos em fazer o melhor. Em nenhum momento deixei o Flamengo de mão. Sempre darei o meu máximo, sei que poderia render melhor, mas o importante é que estou tranquilo e vou ajudar o Flamengo até o final - garantiu o jogador.

VEJA OS NÚMEROS DE CARLOS EDUARDO NA DERROTA PARA O BOLÍVAR, SEGUNDO O SITE FOOTSTATS

Desarmes: 0
Lançamentos certos: 2
Drible certo: 1
Finalização certa: 0
Finalização errada: 1
Cruzamentos certos: 1
Passes certos: 35
Passes errados: 4