icons.title signature.placeholder Fellipe Lucena e Thiago Ferri
19/11/2014
10:38

Valdivia chega ao Brasil nesta quarta-feira e ainda nesta tarde fará exames para decifrar a nova lesão "misteriosa", sofrida durante a passagem do jogador pela seleção chilena. Jorge Sampaoli, técnico de La Roja, disse que o meia voltou a ter um problema no quadril, mas existe o temor de que o camisa 10 tenha machucado mais uma vez a coxa, o que poderia fazê-lo voltar a campo apenas no ano que vem.

O Palmeiras ainda não fez contato com o jogador, e por isto não sabe qual foi a contusão do armador. Após o treino de terça no Allianz Parque, Dorival Júnior só sabia que Valdivia havia sofrido uma lesão, estava fora do confronto desta noite, contra o Sport, na estreia do Allianz Parque, e talvez até de domingo, contra o Coritiba.

Ante o Corinthians, Valdivia sofreu um edema no músculo abdominal por conta de uma pancada no quadril, mas não foi desfalque no Verdão. Só que na última sexta, durante a goleada do Chile sobre a Venezuela por 5 a 0, quando teve boa atuação, o jogador voltou a sofrer um golpe no local e até perdeu um treino no domingo por conta das dores.

Ele se recuperou, trabalhou na segunda e era esperado para o confronto com o Uruguai, na terça. Só que o incômodo fez com que Sampoli poupasse o Mago deste último amistoso, e Dorival não pudesse usá-lo na abertura da arena, jogo o qual o chileno sonhava participar como capitão.

Não é a primeira vez ano que Valdivia tem uma lesão "misteriosa". Em agosto, durante o clássico contra o São Paulo, ele saiu com 15 minutos de jogo, alegando tontura e dificuldade para respirar, por conta de uma pancada no nariz. Valdivia, porém, havia tido um problema mais grave: lesão na coxa durante o Choque-Rei - o nariz também estava fraturado, há três dias, mas não tinha o impedido de treinar e jogar até então.

Nesta última ocasião, ele levou um mês para se recuperar do problema muscular. Caso se confirme um novo machucado na coxa, a tendência é de que o período de recuperação seja parecido, podendo voltar apenas depois de acabar o Brasileiro (a última rodada será dia 7 de dezembro). E, lutando para não cair, o time sem seu principal jogador tem aproveitamento de lanterna.