icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/11/2014
23:07

Não é final de campeonato. Mas o Gre-Nal deste domingo, na Arena do Grêmio, terá carga decisiva para o Tricolor e para o Internacional. Os dois são adversários diretos na briga pelo G4 do Brasileirão. E uma vitória dá tranquilidade seja qual lado for o vencedor.

Na briga direta, o Grêmio tem 54 pontos - junto com Fluminense, Atlético-MG e Corinthians. O Inter é terceiro, com 56. Uma vitória segura o rival e pode fazer o Tricolor ficar no G4. Já para os colorados, significa uma possível aproximação ao vice-líder São Paulo, que tem 59, e será adversário nas rodadas seguintes.

O Grêmio tenta acabar com um jejum que já tem dois anos. Se contar apenas os jogos em casa, o período pula para três. A última vitória gremista no clássico foi em 2012, no Beira-Rio. Como mandante, ganhou em agosto de 2011. Tem jogadores no clube gaúcho que não sabem o que é vencer Gre-Nal. Barcos, por exemplo.

O técnico Luiz Felipe Scolari não revela a escalação para o jogo. Mantém o mistério. A tendência é que conte com o retorno de Rhodolfo na defesa, no lugar de Bressan. No meio, poderá contar novamente com Alán Ruiz. O argentino corre por fora, mas a formação mais provável tem três volantes - Ramiro, Riveros e Fellipe Bastos - e Luan e Dudu como assessores de Barcos.

- Acho que vai ser um clássico como vem sendo, com muita briga, peleia no meio-campo. O Grêmio tentando se impor e o Inter tem sua qualidade, vai tentar também jogar. E nós não podemos deixar jogar. Temos um grande time, trabalhador, um grande treinador e estamos esperando com muita ânsia esse jogo. Vamos nos entregar para tentar ganhar - disse Barcos.

COLORADO PENSA ATÉ EM EMPATE

Já o Internacional chega cogitando até mesmo um empate como bom resultado, já que está na frente na tabela e manteria a distância para o rival. No entanto, o retrospecto dos últimos clássicos dá a chance de pensar em vencer na casa gremista, o que aconteceu na final do Gauchão deste ano.

O técnico Abel Braga terá os ausências de Fabrício e Jorge Henrique, suspensos. Por outro lado, ganha a volta de Alex, recuperado de dores no tornozelo. O comandante colorado não confirma o time e mantém o mistério. Disse que testou um centroavante ao lado de Nilmar. Mas a tendência é manutenção do time, com Alan Patrick ao lado de Alex e D'Ale. Na defesa, Alan permanece e Alan Ruschel entra na lateral.

- A importância do Gre-Nal segue a mesma, se nós não vencermos temos outro resultado, estamos na frente. Mas não muda nada para o jogo - disse Abel, falando sobre a mudança do jogo com o São Paulo.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X INTERNACIONAL

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data-hora: 09/11/2014 - 17h
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Asp-Fifa/SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) e Marcio Luiz Augusto (SP)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Rhodolfo, Pedro Geromel e Zé Roberto; Ramiro, Riveros, Fellipe Bastos, Luan e Dudu; Barcos - Técnico: Luiz Felipe Scolari.

INTERNACIONAL: Alisson; Cláudio Winck, Alan, Ernando e Alan Ruschel; Willians, Aránguiz, D'Alessandro, Alex e Alan Patrick; Nilmar - Técnico: Abel Braga.