icons.title signature.placeholder João Matheus Ferreira
06/04/2014
15:58

Com meia hora de atraso, o presidente do Vasco, Roberto Dinamite, assinou o Livro de Ouro do Maracanã e registrou de vez sua história no estádio. A solenidade estava marcada para 15h, uma hora antes do clássico que decide o Campeonato Carioca, entre Vasco e Flamengo, mas começou apenas 15h30 e durou apenas cinco minutos. O tempo de assinar e falar rapidamente com a imprensa.

- É uma satisfação muito grade assinar esse livro. Já fiz muito gol aqui no Maracanã e agora estou assinando esse livro. Só tenho a agradecer - disse.

Apesar do atraso, o presidente cruz-maltino também demonstrou otimismo para o clássico, mas pediu muita atenção e comprometimento dos jogadores.

- Vai dar Vasco! Estamos preparados para fazer um grande jogo e esse é o caminho para conquistarmos uma grande vitória. Passei isso aos jogadores. O Flamengo, independentemente dos desfalques, é o Flamengo. Por isso temos que respeitar muito - comentou.

O Livro de Ouro do Maracanã registra a visita de atletas consagrados, personalidades do esporte e pessoas ilustres que passaram pelo estádio. O primeiro a assiná-lo foi Zagallo, tetracampeão mundial com a Seleção Brasileira. Zico, maior artilheiro do estádio com 333 gols, foi o segundo a deixar sua mensagem.

Maior ídolo da história do Vasco, Dinamite já atuou diversas vezes com a camisa cruz-maltina no Maracanã. A carreira profissional dele foi de 1971 até 1993 e o jogo de despedida foi justamente no Maior do Mundo, quando até Zico chegou a vestir a camisa Cruz-Maltina.