icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/11/2014
13:50

O técnico do FK Rostov, Igor Gamula, causou polêmica na Rússia após uma declaração preconceituosa sobre jogadores negros. Em coletiva de imprensa, Gamula afirmou que não permitirá a contratação de negros de origem africana com medo do Ebola, que já vitimou mais de quatro mil pessoas nos últimos meses.

- Já temos bastante atletas de pele escura no elenco. Já estou preocupado com o Ebola - afirmou o treinador, que garantiu em seguida ter se tratado de uma brincadeira.

Um dos destaques do time russo é o meia Moussa Doumbia, do Mali, um dos países que registraram casos da doença. A Organização Mundial da Saúde (OMS) está investigando se os dois últimos casos no país é de Ebola.

O técnico do Rostov é conhecido pelas declarações controversas, sendo denunciado pela Federação de Futebol da Rússia por críticas à arbitragem.