icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/07/2013
17:16

No Maracanã, 38.853 mil pagantes e 52.361 mil presentes viram o clássico entre Flamengo e Botafogo, porém a maioria rubro-negra nas arquibancadas incomodou o atacante Rafael Marques, que atuou pela primeira vez no estádio. Autor do gol alvinegro no empate por 1 a 1, o camisa 20 pediu para que a torcida botafoguense abrace o time em maior número nos próximos jogos.

- Gostei de jogar no Maracanã, de ter feito gol. É um estádio de Copa do Mundo. Se me senti em casa? Não, pois a torcida do Flamengo estava em maior número. A gente sabe que quando joga contra equipes que têm apoio da torcida, é diferente. Esperamos que os torcedores possam comparecer nas próximas partidas, pois é bom quando jogamos com a torcida apoiando - disse Rafael Marques, que agora é o artilheiro do Botafogo no ano, com dez gols, ao lado de Lodeiro e Seedorf.

E MAIS
> No retorno ao Maracanã, Fla marca no fim e empata com o Botafogo
> Seedorf considera o empate contra o Flamengo justo
> Rafael Marques admite que gol do Bota foi ensaiado ao longo da semana

Após o gol no clássico, o atacante deixou para trás um jejum de quatro jogos sem marcar. E se mostrou aliviado por isso.

- Já fazia alguns jogos que não marcava. Estava incomodado com isso. Porém, não penso em ficar brigando por artilharia. Meu objetivo é ajudar o Botafogo de todas as formas possíveis.

Rafael Marques fala sobre queda de rendimento de Lodeiro


No Maracanã, 38.853 mil pagantes e 52.361 mil presentes viram o clássico entre Flamengo e Botafogo, porém a maioria rubro-negra nas arquibancadas incomodou o atacante Rafael Marques, que atuou pela primeira vez no estádio. Autor do gol alvinegro no empate por 1 a 1, o camisa 20 pediu para que a torcida botafoguense abrace o time em maior número nos próximos jogos.

- Gostei de jogar no Maracanã, de ter feito gol. É um estádio de Copa do Mundo. Se me senti em casa? Não, pois a torcida do Flamengo estava em maior número. A gente sabe que quando joga contra equipes que têm apoio da torcida, é diferente. Esperamos que os torcedores possam comparecer nas próximas partidas, pois é bom quando jogamos com a torcida apoiando - disse Rafael Marques, que agora é o artilheiro do Botafogo no ano, com dez gols, ao lado de Lodeiro e Seedorf.

E MAIS
> No retorno ao Maracanã, Fla marca no fim e empata com o Botafogo
> Seedorf considera o empate contra o Flamengo justo
> Rafael Marques admite que gol do Bota foi ensaiado ao longo da semana

Após o gol no clássico, o atacante deixou para trás um jejum de quatro jogos sem marcar. E se mostrou aliviado por isso.

- Já fazia alguns jogos que não marcava. Estava incomodado com isso. Porém, não penso em ficar brigando por artilharia. Meu objetivo é ajudar o Botafogo de todas as formas possíveis.

Rafael Marques fala sobre queda de rendimento de Lodeiro