icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/04/2014
08:57

Maior surpresa dos playoffs até o momento, o Washington Wizards abriu dois a zero na série melhor de cinco contra o Chicago Bulls na noite de ontem, com a vitória na prorrogação por 101 a 99. Decisivo para o confronto, o ala-pivô Nenê marcou 17 pontos, incluindo os seis primeiros do time no quarto decisivo da prorrogação, dos dez que a equipe marcou.

Além de Nenê, Bradley Beal foi um dos destaques do Wizards, com 26 pontos e sete assistências. Já pelo lado do Bulls, o armador reserva D.J. Augustin foi o destaque, com 25 pontos e sete assistências, além de Taj Gibson, com 22 e 10 rebotes e Joakim Noah, com 20 pontos e 12 rebotes.

O JOGO:

Começando a partida de maneira arrasadora, o Washington abriu 7 a 0 nos dois primeiros minutos de jogo, carregando a vantagem através do quarto, contando com boa atuação de Bradley Beal, que marcou 10 pontos na parcial, vencida pelo Wizards por 31 a 20. No segundo, perdendo por 45 a 32 com cinco minutos faltando para o fim do quarto, o Wizards sofreu um apagão e deu chance a nove pontos seguidos do Bulls, que cortou a diferença e encerrou a parcial com sete pontos de desvantagem.

No terceiro, novo apagão da equipe do Wizards e, a dois minutos do fim, o Chicago passou a frente do placar, pela primeira vez no jogo, e encerrou a parcial com vantagem de cinco pontos (75 a 70). Mas no último, Beal voltou à partida, após atuar mal nos dois quartos anteriores e, com 11 pontos, empatou a partida em 91 pontos a 52 segundos do fim.

Faltando 30 segundos, Hinrich tentou um arremeso para vencer a partida pelo Bulls, errou, Taj Gibson pegou o rebote e D.J. Augustin tentou o chute, errou também. Gibson conseguiu novo rebote, mas perdeu a bola para Nenê com 10 segundos no cronômetro.

Na prorrogação, Nenê mostrou todo seu repertório. Com os seis primeiros pontos de ambas as equipes na parcial, abriu a diferença em favor do Washington e, trabalhando bem defensivamente, conseguiu impulsionar o Wizards à vitória por 101 a 99, abrindo dois a zero na série melhor de cinco.