icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/12/2013
08:03

Queridinho da torcida no começo da temporada, o volante Renê Júnior deixa o Santos chateado. O jogador, que está próximo de acertar com o Guangzhou, da China, não gostou da forma como deixou a equipe.

Com a saída de Muricy Ramalho e a chegada de Claudinei Oliveira, ele perdeu espaço para Alison e teve de amargar a reserva.

- Mágoa fica, porque a gente saiu do time em um momento que o time não estava tão legal. Não sei se procuraram uma pessoa para jogar o momento que o time não vinha atravessando, creio que caiu nas minhas costas - disse à Rádio ESPN.

Renê mostrou carinho por Muricy e disse não ter nada contra o técnico Claudinei Oliveira.

- Teve o fato de eu não entender e não teve uma explicação depois que eu saí do time. Cada treinador tem a escolha dele. Também não tenho nada contra o Claudinei, fez o trabalho dele, ajudou o Santos, como eu também tentei ajudar da minha forma - completou.

O clube de Vila Belmiro lucrará cerca de 1 milhão de euros com a transferência do volante, quase de R$ 3,2 milhões.