icons.title signature.placeholder Valdomiro Neto
23/06/2014
16:09

No Mineirão, argentinos fizeram a festa contra o Irã (FOTO: Damien Meyer/AFP)

A invasão de argentinos a Porto Alegre para o jogo contra a Nigéria, estimada em mais de cem mil pessoas, fez a prefeitura da capital gaúcha e o governo do estado anunciarem uma série de medidas para evitar caos no trânsito e episódios violentos. Foi decretado ponto facultativo o dia inteiro a fim de tentar reduzir a circulação de pessoas rumo ao centro da cidade, facilitando a mobilidade urbana. A decisão deve ser publicada no Diário Oficial do Município desta terça-feira. Para se ter uma ideia, nos dias de jogos do Brasil a medida só tem valido a partir do meio-dia, como no caso desta segunda, quando acontece Brasil x Camarões. 

Além disso, está sendo estudada a possibilidade de instalação de um telão fora da área da Fan Fest. Isso porque o Anfiteatro Pôr-do-Sol, onde está instalado o espaço para os torcedores, tem capacidade para 20 mil pessoas. Como o controle mostra que pouco mais de 18 mil ingressos foram vendidos para argentinos e o contingente será bem maior é possível que haja problemas. 

O esquema de segurança para a partida também será mudado. Nos jogos do Beira-Rio apenas stewars vinham atuando na arquibancada, mas para esse jogo haverá também policiais. No caminho para o estádio, o número de barreiras será de três e um esquema de trânsito especial será montado. Um caminhão com jato d'água também està à disposição, mas seu uso ainda será avaliado pela polêmica que causa: usado para dispersar arruaceiros pode acabar causando ferimentos.

Na semana passada, em entrevista por telefone ao LANCE!Net, o secretário de segurança do Rio Grande do Sul, Airton Michels, afirmou estar tranquilo em relação à situação pelo boa proximidade de Porto Alegre com a Argentina e "a cordialidade da relação". Porém, as medidas tomadas mostram que há sim um temor com invasões parecidas com a dos chilenos no Maracanã e precaução está sendo tomada para isso. 

A partida entre Nigéria e Argentina, pela última rodada do Grupo F, acontece na próxima quarta-feira às 13h. Com seis pontos, os argentinos precisam de um empate para assegurarem a primeira colocação, ao passo que uma igualdade garantirá aos nigerianos a classificação.