icons.title signature.placeholder Alexandre Braz e Luiz Gustavo Moreira
21/07/2014
11:22

Com uma cerimônia na loja do Botafogo em General Severiano, o clube apresentou o quarto uniforme para a sequência da temporada. Com listras em cinza, a camisa - produzida pela Puma, empresa fornecedora de material esportivo do Alvinegro - resgata a tradição do clube de camisas dessa cor. E para levar o Glorioso de volta aos velhos tempos, nada melhor do que juntar ídolos do passado aos jogadores do presente.

A cerimônia foi comandada por Carlos Thiago Cesario Alvim, vice-presidente social e de comunicação, que chamou Zeballos, Carlos Alberto, Vinicius Tanque e Bolívar, nesta ordem. Em seguida, passou a palavra e deu camisas personalizadas para Amarildo, Roberto Miranda e Mauricio, ídolos do passado, que elogiaram o novo uniforme e agradeceram a homenagem.

- É um prazer estar aqui, representando uma geração de vitoriosos. A camisa está linda. Espero que nos traga sorte e títulos - disse Mauricio, herói da conquista do título estadual de 1989, quebrando um jejum de 21 anos sem títulos.

A estreia da camisa cinza será no dia 2 de agosto, contra o Cruzeiro, no Maracanã, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

ÚLTIMA LEMBRANÇA NÃO É BOA

Conhecidos por serem supersticiosos, os alvinegros não têm boas lembranças da última vez que o clube lançou um uniforme cinza. Na estreia do atacante Loco Abreu, o time foi goleado por 6 a 0 pelo Vasco, em pleno Engenhão, pela Taça Guanabara de 2010, causando a demissão do então técnico Estevam Soares.

Como consolo, o time foi campeão estadual naquele ano, após derrotar o Flamengo na final da Taça Rio, dia da famosa "cavadinha" do uruguaio Loco Abreu - já com Joel Santana no comando da equipe.

Ídolos do passado com o novo uniforme do Botafogo (Foto: Paulo Sérgio/ LANCE!Press)