icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/11/2013
08:02

O técnico Claudinei Oliveira já admite internamente que não continuará no Santos por conta das eleições presidenciais em 2014, mas ainda aguarda um parecer do clube sobre o futuro. Ele tem contrato até o fim deste ano e participa do planejamento para a próxima temporada.

No domingo, antes da derrota por 1 a 0 para o Cruzeiro, o treinador conversou com o presidente Odílio Rodrigues, que foi ao vestiário do time na Vila Belmiro. Na última terça, o dirigente havia rebatido o pedido público de Claudinei sobre uma definição da diretoria sobre seu futuro no comando do time.

- Já foi falado o que tinha que ser falado. O doutor Odílio foi ao vestiário e batemos um papo. Ele é uma pessoa que respeito muito, tem boa índole educado. Vamos aguardar o parecer do clube, não adianta precipitar nada, vamos aguardar - afirmou Claudinei, sem revelar o teor da conversa com o presidente.

Mesmo com o futuro indefinido e com poucas chances de permanecer no Peixe no ano que vem, o treinador participa do planejamento do clube. No "esboço" enviado à diretoria, Claudinei sugeriu que os jogadore sejam divididos em dois grupos na pré-temporada e, com isso, o time teria desfalques nas primeiras rodadas do Paulistão.

- Minha participação até então é que mandamos um esboço dizendo o que é interessante para o fim de temporada e início da próxima, visando pré-temporada. Dividir os grupos, montarmos um para se apresentar pouco antes e outro depois, e o segundo grupo trabalharia mais e ficaria fora de uma ou duas rodadas do Paulista. Minha participação foi essa até então. Cito nome de jogador informalmente, mas não estou participando disso - explicou.

Como o LANCE!Net mostrou no dia 31 de outubro, Claudinei só deve permanecer no Santos se conquistar uma vaga para a Libertadores da América do ano que vem. O técnico Ney Franco, hoje no Vitória, voltou a ser alternativa para a diretoria alvinegra.

Claudinei comenta protestos da torcida após derrota em casa