icons.title signature.placeholder Eduardo Moura
10/07/2014
08:05

A chegada de Fernandinho é um acréscimo de qualidade inegável ao Grêmio, principalmente pelo que o atacante apresentou nos últimos meses no Atlético-MG. Mas também representa a possibilidade de Enderson Moreira colocar em prática uma situação que ele já admitiu que gosta, que seria atuar sem um centroavante fixo.

Apesar de não ser o histórico do treinador nos últimos anos, o comandante gremista admira e gosta do esquema mais utilizado atualmente, sem um camisa 9 de referência. Como a Alemanha joga quando Muller é o último atacante. Ou a função que Messi muito exerceu com Guardiola no Barcelona, como "falso-nove". Um atacante enfiado, mas que recua, busca espaços mais atrás e cria outros para que jogadores de mais velocidade entrem na diagonal.

O esquema "moderno" pode ser colocado em prática com a chegada de Fernandinho. Em alguns treinamentos, Enderson testou a formação sem Barcos. Luan, Giuliano, Dudu e Alán Ruiz trabalhavam no setor ofensivo. Quando utilizou esta formação em um trabalho, os titulares marcaram dois gols - o placar estava zerado.

Com Fernandinho, o treinador tem ainda mais alternativas para formar o setor. Uma linha com Luan, Giuliano e Dudu, com Fernandinho posicionado mais à frente, poderia ser escalada. Ou com Luan mais avançado - jogou assim na base, como centroavante - e Fernandinho aberto por um dos lados. Outra alternativa seria a mudança de esquema para o 4-1-4-1, com a saída de um volante. Nesta hipótese, o Pirata permaneceria no time.

Apesar de ser entusiasta do esquema, Enderson não dá mostras, pelo menos por ora, de que vá utilizá-lo. O técnico, porém, pode usar a formação em uma partida eventual, como estratégia específica de jogo. No entanto, pela pressão de torcida e imprensa com a necessidade de ter 11 titulares "escolhidos", sem rodízios, acaba desencorajado. Barcos é o capitão da equipe e um dos líderes do vestiário. E há, claro, a chance do Pirata voltar a render com as novas parcerias.

A situação, porém, deve demorar um pouco a acontecer. Fernandinho será apresentado ainda nesta quinta-feira, antes do treino da tarde, na Arena. Mas precisa de um período especial de treinamentos físicos, já que não estava treinando desde que deixou o Atlético-MG. Por isso, ainda não se tem uma previsão de estreia do atacante.