icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2014
16:04

Às vésperas da reabertura de seu estádio, que pode acontecer no sábado, contra o Atlético-MG, o Palmeiras festeja o crescimento de seu programa de sócios-torcedores. Com mais de 10 mil novos inscritos após a Copa do Mundo, o clube já superou a barreira de 50 mil cadastrados no Avanti. Só em outubro, foram 5 mil novas adesões.

O Palmeiras será o único responsável por distribuir e vender os ingressos dos jogos em sua arena - no contrato com a WTorre, está estabelecido que o clube tem direito a 100% da renda das partidas. Os sócios terão privilégios, mas o clube ainda não divulgou como funcionará a venda. O Allianz Parque tem capacidade para 43.700 pessoas, mas hoje está liberado para 27 mil. Ou seja, já são bem mais sócios-torcedores do que cadeiras.

Quando o Movimento Por Um Futebol Melhor teve início, em janeiro de 2013, o clube tinha somente 9.526. Em agosto do mesmo ano, a atual diretoria reformulou o programa com o objetivo de superar a barreira dos 40 mil sócios, meta que foi atingida no início de 2014.

No clássico contra o Corinthians, realizado no último dia 26 de outubro, aproximadamente 11 mil dos 22.145 alviverdes presentes no Pacaembu eram sócios-torcedores (o equivalente a 40%). O jogo que teve a maior quantidade de sócios foi contra o Avaí, na Copa do Brasil, com 78% do público pagante formado por sócios. A média da presença neste ano é de mais de 45% do público composto de sócios-torcedores.