icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/07/2014
12:25

O Fluminense realizou uma atividade diferente na manhã desta segunda-feira. Em vez das Laranjeiras, os jogadores treinaram na Praia da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. A atividade aconteceu no local a pedido da comissão técnica, que aprovou os testes de condicionamento físico feitos na areia enquanto o elenco esteve em Macaé. Somente dois jogadores não participaram do treinamento: Henrique e Diguinho.

Enquanto o zagueiro foi poupado por opção da comissão técnica de realizar exercícios no local em decorrência de um problema nos joelhos, operado quando o jogador atuava no futebol francês, o volante ainda se recupera da pancada no tornozelo direito sofrida na última semana durante um treino nas Laranjeiras.


Além do atacante Wellington Nem, o treino do Fluminense contou a visita de outro ex-jogador do clube. O ex-meia Felipe, que encerrou a carreira no fim do ano passado, esteve no local e conversou bastante com os ex-companheiros. Ao fim, os jogadores atenderam uma grande quantidade de torcedores que paravam no local para observar o treino. Bastante atenciosos, tiraram fotos e distribuíram autógrafos.

Outro fato que chamou a atenção foi novo penteado do atacante Rafael Sobis. O camisa 23 descoloriu o cabelo e ganhou um apelido inusitado do vice de futebol, Mário Bittencourt: Caça-Rato, em alusão ao atacante do Santa Cruz, que também usa deste "artifício" para ficar loiro.


Novo penteado rendeu a Sobis o apelido de 'Caça Rato' (Foto: Nelson Perez/ Fluminense F.C)