icons.title signature.placeholder Gabriel Carneiro
25/06/2014
11:55

O Corinthians voltou aos trabalhos após uma tarde de folga e treinou duro na manhã desta quarta-feira, sob o sol forte de Extrema (MG). Novo reforço da equipe, mas ainda sem contrato assinado, o zagueiro Anderson Martins permaneceu na academia do Hotel Fazenda Amoreiras, "escondido" do contato com a imprensa. Em campo, o técnico Mano Menezes teve sua primeira baixa desde o início do período de treinos no sul de Minas Gerais: o atacante Romarinho ficou fora da atividade.

O jogador, que prometeu marcar cinco gols em clássicos no Campeonato Brasileiro, não entrou em campo, mas ficou no gramado no hotel-fazenda sobre uma bicicleta ergométrica trazida pela comissão técnica. Durante todo o treinamento, Romarinho estava ao lado observando e pedalando. Quando o técnico Mano Menezes encerrou os trabalhos, o goleiro Julio César criticou, em tom de brincadeira, a "molezinha" do atacante.

- Estou com dor, cara - respondeu Romarinho, que sentiu um incômodo no pé direito.

De acordo com o departamento médico do Corinthians, no entanto, o jogador não é motivo de preocupação para a sequência dos trabalhos em Extrema. Na quinta, caso melhore, Romarinho já participa da atividade da manhã, a última na cidade mineira. Após o almoço, o grupo embarca de volta para São Paulo para um segundo período de treinamentos, ou no Parque São Jorge ou no CT Joaquim Grava.

Nesta quarta, Mano Menezes orientou um trabalho de ataque contra defesa. Duplas, e depois trios, deveriam fintar um ou dois zagueiros e marcar gols. O que contava na atividade era a eficiência, e o treinador "pegou no pé" de quem ia errando. Jogadores como Guerrero, Elias, Petros e Jadson tiveram ótimo aproveitamento, mas outros como Ángel Romero, Luciano, Jocinei e Bruno Henrique deixaram a desejar e mais erraram do que acertaram.