icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/07/2013
20:45

Em um jogo bem disputado, o Bahia venceu o Goiás por 2 a 1 neste domingo e confirmou a fase com a primeira vitória na Itaipava Arena Fonte Nova. O placar foi construído com dois gols de Marquinhos Gabriel para o Esquadrão, enquanto que Thiago Mendes diminuiu para o Esmeraldino.

Com o resultado, o Tricolor encostou no G4: o time é o quinto colocado, com os mesmos 16 pontos do arquirrival Vitória e um ponto atrás do Coritiba. O Goiás perdeu uma posição e agora é o décimo, com 12 pontos.

CAIU NA FONTE NOVA...

Jogando sob os olhares da sua torcida apaixonada, o Bahia precisou de apenas dois minutos para abrir o placar. Em bela jogada individual de Anderson Talisca pela direita, Marquinhos Gabriel finalizou de primeira e correu para comemorar. A resposta do Goiás só veio aos 12 minutos, quando Walter finalizou forte na entrada da área e a bola passou rente à trave direita de Lomba. Walter seguiu aplicado e foi quem mais importunou a defesa tricolor no primeiro tempo.

Fernandão e Walter fizeram boas exibições neste domingo

Apesar das tentativas alviverdes, foi o Esquadrão quem ampliou. Iluminado, Marquinhos Gabriel aproveitou a bola de Fernandão e fez o seu segundo no jogo e o segundo do Bahia, para delírio dos mais de 30 mil presentes na Fonte Nova. Porém, a comemoração da torcida tricolor não durou muito. No minuto seguinte ao gol de Marquinhos, o Goiás diminuiu com Thiago Mendes e construiu o 2 a 1. Com a vantagem encaminhada, o Bahia cadenciou bem a partida e conseguiu se segurar bem diante das tentativas de Walter. E olha que não foram poucas.

Na volta do intervalo, os dois times diminuiram muito o ritmo do jogo e as mudanças dos treinadores deixaram o meio campo muito "congestionado", indicando que não viriam muitas surpresas no duelo. Melhor para o time de Cristóvão Borges, que segue se superando neste Brasileirão.

CRISE? AQUI NÃO!

Se dentro de campo, o Bahia vive uma boa fase, fora dele as coisas vão de mal a pior. Nos bastidores, a informação é de que nenhum titular recebeu seus vencimentos nos últimos dois meses, além do técnico Cristóvão Borges. A situação administrativa se agrava a cada dia, fruto da crise política que se instaurou desde o começo deste mês, quando o ex-presidente Marcelo Guimarães Filho foi destituído do cargo e a Justiça baiana nomeou um interventor para comandar o clube.

Apesar disso, o clima entre os atletas parece destoar bastante do da diretoria. A cada jogo, o Esquadrão parece mais afinado: marcação aplicada e poucos passes errados. Neste domingo, com uma formação mais ofensiva, ainda viu a estrela de Cristóvão brilhar, afinal, a aposta de Fernandão como pivô deu muito certo: ele conseguiu segurar a bola no ataque, ganhar no corpo a corpo e dar assistência. É Esquadrão, o G-4 é logo ali.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 2X1 GOIÁS
Local: Itaipava Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data/Hora: 26/7/2013, às 16h
Árbitro: Paulo H Godoy Bezerra (SC)
Auxiliares: Katiuscia M Berger Mendonça (ES) e Angelo Rudimar Bechi (SC)
Renda/Público: R$ 425.989,00/ 15.132 pagantes.

GOLS: Marquinhos, aos 2'/1ºT (1-0) e aos 32'/2ºT (2-0); Thiago Mendes, aos 33'/2ºT (2-1)

Cartões Amarelos: Feijão, Titi e Obina (BA); Dudu Cearense (GO)
Cartões Vermelhos: Não houve.

BAHIA: Marcelo Lomba; Madson, Rafael Donato, Titi e Raul; Feijão, Hélder, Wallyson, Talisca (Rafael Miranda - intervalo) e Marquinhos Gabriel (Fahel - 32'/2ºT); Fernandão (Obina - 30'/2ºT) - Técnico: Cristóvão Borges.

GOIÁS: Renan; Clayton Sales (Dudu Cearense - 11'/2ºT), Ernando, Rodrigo e William Matheus; Amaral, Thiago Mendes, Ramon (Tartá - 26'/2ºT) e Renan Oliveira; Araújo (Neto Baiano - 20'/2ºT) e Walter - Técnico: Enderson Moreira.

Em um jogo bem disputado, o Bahia venceu o Goiás por 2 a 1 neste domingo e confirmou a fase com a primeira vitória na Itaipava Arena Fonte Nova. O placar foi construído com dois gols de Marquinhos Gabriel para o Esquadrão, enquanto que Thiago Mendes diminuiu para o Esmeraldino.

Com o resultado, o Tricolor encostou no G4: o time é o quinto colocado, com os mesmos 16 pontos do arquirrival Vitória e um ponto atrás do Coritiba. O Goiás perdeu uma posição e agora é o décimo, com 12 pontos.

CAIU NA FONTE NOVA...

Jogando sob os olhares da sua torcida apaixonada, o Bahia precisou de apenas dois minutos para abrir o placar. Em bela jogada individual de Anderson Talisca pela direita, Marquinhos Gabriel finalizou de primeira e correu para comemorar. A resposta do Goiás só veio aos 12 minutos, quando Walter finalizou forte na entrada da área e a bola passou rente à trave direita de Lomba. Walter seguiu aplicado e foi quem mais importunou a defesa tricolor no primeiro tempo.

Fernandão e Walter fizeram boas exibições neste domingo

Apesar das tentativas alviverdes, foi o Esquadrão quem ampliou. Iluminado, Marquinhos Gabriel aproveitou a bola de Fernandão e fez o seu segundo no jogo e o segundo do Bahia, para delírio dos mais de 30 mil presentes na Fonte Nova. Porém, a comemoração da torcida tricolor não durou muito. No minuto seguinte ao gol de Marquinhos, o Goiás diminuiu com Thiago Mendes e construiu o 2 a 1. Com a vantagem encaminhada, o Bahia cadenciou bem a partida e conseguiu se segurar bem diante das tentativas de Walter. E olha que não foram poucas.

Na volta do intervalo, os dois times diminuiram muito o ritmo do jogo e as mudanças dos treinadores deixaram o meio campo muito "congestionado", indicando que não viriam muitas surpresas no duelo. Melhor para o time de Cristóvão Borges, que segue se superando neste Brasileirão.

CRISE? AQUI NÃO!

Se dentro de campo, o Bahia vive uma boa fase, fora dele as coisas vão de mal a pior. Nos bastidores, a informação é de que nenhum titular recebeu seus vencimentos nos últimos dois meses, além do técnico Cristóvão Borges. A situação administrativa se agrava a cada dia, fruto da crise política que se instaurou desde o começo deste mês, quando o ex-presidente Marcelo Guimarães Filho foi destituído do cargo e a Justiça baiana nomeou um interventor para comandar o clube.

Apesar disso, o clima entre os atletas parece destoar bastante do da diretoria. A cada jogo, o Esquadrão parece mais afinado: marcação aplicada e poucos passes errados. Neste domingo, com uma formação mais ofensiva, ainda viu a estrela de Cristóvão brilhar, afinal, a aposta de Fernandão como pivô deu muito certo: ele conseguiu segurar a bola no ataque, ganhar no corpo a corpo e dar assistência. É Esquadrão, o G-4 é logo ali.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 2X1 GOIÁS
Local: Itaipava Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data/Hora: 26/7/2013, às 16h
Árbitro: Paulo H Godoy Bezerra (SC)
Auxiliares: Katiuscia M Berger Mendonça (ES) e Angelo Rudimar Bechi (SC)
Renda/Público: R$ 425.989,00/ 15.132 pagantes.

GOLS: Marquinhos, aos 2'/1ºT (1-0) e aos 32'/2ºT (2-0); Thiago Mendes, aos 33'/2ºT (2-1)

Cartões Amarelos: Feijão, Titi e Obina (BA); Dudu Cearense (GO)
Cartões Vermelhos: Não houve.

BAHIA: Marcelo Lomba; Madson, Rafael Donato, Titi e Raul; Feijão, Hélder, Wallyson, Talisca (Rafael Miranda - intervalo) e Marquinhos Gabriel (Fahel - 32'/2ºT); Fernandão (Obina - 30'/2ºT) - Técnico: Cristóvão Borges.

GOIÁS: Renan; Clayton Sales (Dudu Cearense - 11'/2ºT), Ernando, Rodrigo e William Matheus; Amaral, Thiago Mendes, Ramon (Tartá - 26'/2ºT) e Renan Oliveira; Araújo (Neto Baiano - 20'/2ºT) e Walter - Técnico: Enderson Moreira.