icons.title signature.placeholder Felipe Domingues
11/07/2014
09:00

A um dia do treino de classificação da 12 etapa da temporada 2014 da IndyCar, em Iowa (EUA), o campeonato segue com dois líderes e um equilíbrio evidente. O piloto australiano Will Power e o brasileiro Helio Castroneves, ambos da equipe Penske, dividem a liderança da temporada, com 446 pontos, seguidos por Simon Pagenaud, da Schmidt, com 402 pontos.

– A IndyCar sempre foi muito competitiva. Isso é fantástico, porque tudo pode acontecer em termos de título. Quem imaginou que nessa fase do campeonato eu e o Will Power estaríamos empatados na liderança? – indagou Helinho, em entrevista ao LANCE!

Se não bastasse, nas 11 corridas disputadas até o momento, foram oito vencedores diferentes. Os únicos que venceram mais de uma etapa, ocupam o Top 5 da categoria, com Power (2) em primeiro, Pagenaud (2), em terceiro, e Ryan Hunter-Reay (2), em quinto.

- É incrível e quem ganha com isso é o fã, que continuará vendo disputas impressionantes e uma briga, ponto a ponto, que deve durar até a última corrida do ano. Com relação ao meu campeonato, o fato de estar tudo tão junto faz de cada corrida uma decisão. - afirmou Helinho

Na liderança, Helinho é um dos pilotos mais constantes da temporada, com seis Top 5 e oito Top 10, além de uma vitória, em Detroit.

– Minha estratégia não vai mudar. Vou continuar entrando na pista para vencer, mas, se isso for impossível, o negócio será marcar o maior número de pontos possíveis. A palavra chave para conquistar o título desse ano é consistência e, nesse sentido, estamos indo bem – completou Castroneves.

Na briga pela pole position, a mesma situação tem sido observada, com oito pilotos diferentes cravando os melhores tempos. Dentre eles, apenas o japonês Takuma Sato e o colombiano Sebastian Saavedra não venceram ainda.

O treino de classificação para o oval de Iowa ocorre hoje, às 16h, enquanto a largada está marcada para amanhã, às 21h15 (horário de Brasília).

Kanaan segue em baixa no ano

Após acertar sua transferência para a Chip Ganassi, uma das potências na IndyCar, Tony Kanaan ainda não reencontrou o caminho das vitórias. Ainda assim, entre os pilotos sem algum triunfo na temporada 2014, o brasileiro é o que mais liderou, com 79 voltas na ponta.

Tony ocupa a 11ª colocação no campeonato, enquanto seu companheiro de equipe e atual campeão da categoria, o neozelandês Scott Dixon, é o 8º, com 30 pontos de vantagem (297 contra 267).

Agora, Kanaan entra no oval de Iowa com o objetivo de transformar suas voltas na ponta em vitórias brasileiras.