icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/04/2014
17:59

Um roteiro que deixou o sorriso no rosto dos colorados na tarde deste domingo. O Internacional venceu o Peñarol por 2 a 1 em jogo que marcou a reabertura do Estádio Beira-Rio de maneira oficial. Para um público de 50 mil torcedores, um dos maiores ídolos da história recente, D'Alessandro, foi agraciado com o acaso da história e marcou os dois gols. Fernández foi o primeiro a vazar o Colorado dentro da casa. Um dos momentos mais emocionantes aconteceu no segundo tempo, quando Índio entrou e foi ovacionado pelos torcedores, além de receber a faixa de capitão das mãos de D'Ale.

Se fosse escrito, não seria tão perfeito para o torcedor colorado. O Beira-Rio recebeu um grande público. Enche em sua primeira partida com capacidade plena. Os quase 50 mil torcedores puderam ter um reencontro fraterno com aquele que se ausentou por quase dois anos. O placar, o mesmo da abertura, há 45 anos, sobre o Benfica de Eusébio.

Difícil pensar em roteiro mais be escrito. Eram três minutos de jogo quando D'Alessandro aplicou o tradicional La Boba e foi derrubado na meia direita. Enquadrou o corpo e parecia que cruzaria na área. Mas cobrou a falta com a maestria tradional para marcar o primeiro gol do estádio. A comemoração foi carregada de emoção, com o jogador se ajoelhando em frente aos torcedores.

Onze minutos depois, Aránguiz achou Valdívia na área. E o meia foi derrubado. Mais uma vez o camisa 10, em uma bola parada, mais uma vez o encontro com a rede. O 2 a 0 com a marca do argentino.

Rafael Moura e Alan Patrick ainda tentaram em outras oportunidades, mas pararam em Lerda. Dida só trabalhou em chute de longa distância. Alguns passos para trás e toque para linha de fundo. O placar se manteve até o intervalo.

ÍNDIO ENTRA, GANHA FAIXA E É OVACIONADO

Inter venceu o Peñarol e repetiu resultado da inauguração do estádio, há 45 anos (Foto: Ricardo Rímoli/LANCE!Press)


O segundo tempo foi utilizado por Abelão para fazer testes antes do Gre-Nal do próximo domingo. Winck e Alan Ruschel tomaram as laterais. Ygor entrou para fazer companhia a Willians e Wellington Paulista para Rafael Moura.

O momento mais esperado chegou aos 12 minutos. O zagueiro Índio foi chamado por Abel e entrou em campo. Dos maiores vitoriosos da história colorada, senão o maior, o camisa 3 recebeu uma ovação dos 50 mil torcedores. De D'Ale, recebeu a faixa de capitão, em ato simbólico do argentino.

Winck, Wellington Paulista e Jorge Henrique perderam boas chances de ampliar o placar do amistoso. Abelão só não utilizou um dos jogadores relacionados, o garoto Thales.

Aos 30 minutos, após jogada pela direita, Fernández completou cruzamento rasteiro e venceu o Muriel. É o primeiro adversário a furar o Colorado no Beira-Rio, já que as partidas contra Caxias e Brasil-RS, no Gauchão, o time gaúcho ainda não havia sido vazado. Os uruguaios até ensaiaram uma tentativa de pressão. Mas a festa era, mesmo, vermelha e branca e nada poderia estragar este fato.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 2 X 1 PEÑAROL

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data-hora: 6/4/2013 - 16h
Árbitro: Jean Pierre de Freitas Lima (RS)
Auxiliares: Altemir Hausmann (RS) e Tatiana Freitas (RS)
Cartões amarelos: Fabrício, Paulão (INT) Albín, Silva, Medina, Macaluso (PEN)

Gols: D'Alessandro - 3'/1°T (1-0), 14'/1°T (2-0), Fernández - 30'/2°T (2-1)

INTERNACIONAL: Dida (Muriel - 17'/2°T); Gilberto (Cláudio Winck - intervalo), Ernando (Alan - 24'/2°T), Paulão (Índio - 12'/2°T) e Fabrício (Alan Ruschel - intervalo); Willians (Gladestony - 17'/2°T), Aránguiz (Jorge Henrique - 12'/2°T), Valdivia (Wellington Paulista - intervalo), D'Alessandro (Murilo - 21'/2°T) e Alan Patrick (Ygor - intervalo)(Thales - 40'/2°T); Rafael Moura (Eduardo Sasha - 21'/2°T) - Técnico: Abel Braga.

PEÑAROL: Lerda (Gelpi - 33'/2°T); Macaluso, Bizera e Mac Eachen (Nuñez - 33'/2°T); Albín (Lima - intervalo), Novick (Sandoval - 33'/2°T), Nandez (Medina - 33'/2°T) e Raguso (Silva - intervalo); Toledo (Rodríguez - intervalo), Leyes (Piriz - 8'/2°T) Pacheco (Fernández - 17'/2°T) - Técnico: Jorge Fossati.