icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/11/2014
10:20

Lançado no dia 30 de julho por torcedores do Flamengo, o projeto Fla da Nação rendeu os primeiros incentivos para o futebol rubro-negro. Com auxílio do projeto, o clube adquiriu 20% dos direitos econômicos do meia-atacante Matheus Sávio, que foi decisivo na conquista do Torneio Otávio Pinto Guimarães no último sábado diante do Botafogo, sendo autor das jogadas dos três gols rubro-negros e do zagueiro Dener, ambos de 17 anos.

- A doação dos torcedores ajudou na compra de materiais, entre um deles uma licença vitalícia de um software de primeira linha, usado no mundo todo. No nosso centro de desempenho e mercado, fazemos um trabalho complexo e é ali que geramos todas as pesquisas do Flamengo. Os jogadores da categoria Infantil à Profissional passam por aqui. É uma avaliação constante e os dados são passados à diretoria e aos técnicos. Agradecemos à torcida rubro-negra por complementar nosso serviço - revelou o analista de desempenho Rafael Vieira.

Além do investimento dentro das quatro linhas, o clube ainda pôde comprar materiais para o departamento de análise de desempenho dos atletas, entre eles um software internacional de ponta.

Perto de completar quatro meses, o Fla da Nação arrecadou, até o momento, R$ 141 mil. Com doaçõs a partir de R$ 5, o projeto tem o objetivo em ajudar apenas o departamento de futebol do Fla.