icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/11/2013
16:41

O Santos pode ter uma formação mais defensiva para enfrentar o Vasco, neste domingo, às 19h30, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Sem Everton Costa, suspenso, o treinador Claudinei Oliveira optou pela entrada do volante Alan Santos no time na primeira parte do treino. Ele se juntou a outros dois marcadores no meio: Alison e Arouca, além de Cícero, que também pode atuar mais recuado.

Depois, o técnico sacou Alan e promoveu a entrada do atacante Geuvânio, que entrou bem contra o Cruzeiro, no último domingo na derrota por 1 a 0, na Vila Belmiro, também pelo Brasileirão. Em entrevista coletiva, Claudinei preferiu manter o mistério:

- Testei o Willian, Montillo e Cícero com liberdade pra chegar no ataque, o que seria um 4-3-2-1 e viraria um 4-3-3. E testei a formação com Willian e Geuvânio. Amanhã (sábado) vamos fazer o (treino) tático e decidir. Na base, comigo, o Alan Santos jogou como meia. Ele tem essa qualidade, passe bom, saída de bola boa. A ideia é, se jogar dessa forma, os meias e laterais apoiarem simultaneamente - disse.

Thiago Ribeiro e Gabriel, que poderiam ser opções, não jogarão. O primeiro está recuperado de lesão muscular na coxa esquerda, mas não tem ritmo de jogo e será preservado. Já o segundo, que voltou da Seleção sub-17 e foi testado na segunda parte do treino, ficará na reserva. A ideia é que, se Alan Santos for titular, Montillo jogue mais avançado, próximo de Willian José no ataque.

Outra ausência alvinegra é o lateral-direito Cicinho, com dores no tornozelo esquerdo. Bruno Peres deve ocupar a função dele.

Assim, o Peixe deve ir a campo contra o Vasco com: Aranha, Bruno Peres, Edu Dracena, Gustavo e Mena; Arouca, Alison, Alan Santos (Geuvânio) e Cícero, Montillo e Willian José.