icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/07/2014
13:40

No Wocs 36, realizado na última sexta-feira, em Três Rios, André Tadeu fez a alegria da torcida local e derrotou o estreante Raphael Caçapa, conquistando sua décima-segunda vitória no MMA. Em uma luta muito equilibrada, André saiu vitorioso por decisão dividida dos juízes na luta principal do show. O experiente lutador trirriense chegou à quarta vitória consecutiva no cartel. A última luta de Tadeu tinha sido pela edição de número 30 do próprio Wocs, em outubro do ano passado, quando derrotou Ederson Moreira.

A vitória foi celebrada por André Tadeu e por toda a torcida local, que entoou seu nome durante todo o confronto. E os agradecimentos foram para todo o povo de Três Rios.

- Primeiramente queria agradecer a Deus por me deixar estar nessa caminhada e ao povo de Três Rios, sem dúvida. Estamos desenvolvendo o esporte na cidade e temos o apoio de todos. Temos essa função de ajudar no crescimento do MMA e a cidade tem acolhido muito bem. Essa vitória é para todos - destaca.

Na co-luta do evento, muito aclamado, Alex Cowboy Oliveira encarou Edeseron Moreira e venceu ainda no 1º round, aos 4 minutos e 18 segundos, com um belo mata-leão. O lutador destacou seu retorno à cidade de Três Rios e a bela vitória, com muita irreverência.

"Gosto deste estilo de entrar como Cowboy, de chapéu, acho que me traz muita sorte. Voltei para Três Rios e fui convidado para lutar e na hora aceitei. É bom o calor desse público, do pessoal daqui. Foi bom conquistar essa vitória e ouvir essa torcida toda gritando meu nome", vibrou.

Outro destaque da noite foi a luta entre Celso Farpado e Israel Vieira, até 77kg. Em um confronto muito equilibrado e com a torcida da casa ao lado de Israel, o mineiro venceu no 3 º round, aos 4 minutos e 17 segundos o lutador da Tatá Fight Team por nocaute técnico, levantando o público presente no Clube Independência. Quem também mostrou muita desenvoltura foi Eder Bambu que derrotou Ney Duarte, em lutá até 84kg, com um lindo nocaute técnico ainda no 1º assalto, com 1 minuto e 45 segundos, com um belo nocaute.

Nas outras lutas, Jorginho "Iron Hand" Luiz derrotou Alex Sobreira, pelo voto dos juízes, com decisão unânime. Buchecha, da TFT, bateu Marlon Valença, da Valença Team, no 1º round por nocaute técnico. Já Paulo Gato Preto derrotou Diego Silva aos 4 minutos do segundo round, com um belo cruzado, levando o rival à lona. Por fim, Wellington Café finalizou Luiz Jones no 2º round, aos 2 minutos e 59 segundos, garantindo mais um triunfo para a equipe da TFT.

Confira os resultados:

Até 74kg: André Tadeu (TFT/ATS) venceu Raphael Caçapa (PRVT) por decisão dividida dos juízes.
Até 75kg: Alex Cowboy (TFT/ATS) derrotou Ederson Moreira (PRVT) com um mata-leão, aos 4 minutos e 18 segundos, do primerio round.
Até 61kg: Paulo Gato Preto (TFT) venceu Diego Silva (Bsse JJ/Baixinho Team) aos 4 minutos do segundo round, por nocaute técnico.
Até 77kg: Israel Vieira (Crézio Team) derrotou Celso Farpado (TFT) aos 4 minutos e 17 segundos, do terceiro round, por nocaute técnico.
Até 77kg: Buchecha (TFT/WR) venceu Marlon Valença (Valença Team), aos 2 minutos e 7 segundos do primeiro round, por nocaute técnico.
Até 84kg: Eder Bambu (TFT/ATS) venceu Ney Duarte (DTM) por nocaute técnico, com 1 minuto e 47 segundos, do segundo round.
Até 66kg: Wellington Café Pierre (TFT) venceu Luiz Felipe Jones (DTM) por finalização, mata-leão, aos 2 minutos e 59 segundos, do segundo round.
Até 61kg: Jorginho "Iron Hand" Luiz (Baixinho Team) venceu Alex Sobreira por decisão unânime dos juízes.