icons.title signature.placeholder Fellipe Lucena
18/11/2013
18:44

O meia Valdivia, do Palmeiras, sofreu uma contratura muscular no quadríceps da coxa direita e é dúvida para o amistoso do Chile contra o Brasil, nesta terça-feira, em Toronto, às 23h (de Brasília). Ele ficou no banco na vitória por 2 a 0 sobre a Inglaterra, sexta-feira, em Wembley, mas não teve condições de entrar. Há chances de o Mago ser utilizado no segundo tempo contra a Seleção Brasileira, mas depende de nova avaliação.

Desde o meio da temporada, Valdivia tem sido submetido a um rigoroso planejamento "antilesão" no Palmeiras, com carga reduzida de treinos e jogos. O sucesso deste monitoramento esbarra justamente nas idas do jogador à seleção chilena: nas três vezes em que se machucou no segundo semestre, ele estava sob o comando de Jorge Sampaoli.

Na primeira delas, foi vetado do amistoso contra o Iraque por causa de um edema na coxa direita e acabou perdendo as oitavas de final da Copa do Brasil, fase em que o Verdão foi eliminado pelo Atlético-PR. A segunda ocorrência foi uma inflamação no joelho esquerdo que o deixou fora da partida contra o Bragantino, após os duelos contra Colômbia e Equador, pelas Eliminatórias.

A lesão mais grave do ano aconteceu em março, na coxa direita. Após ficar 114 dias afastado do futebol, o camisa 10 voltou e se tranformou no maior destaque do Palmeiras na campanha do título da Série B. Se fez só novo jogos na primeira metade da temporada, o chileno atuou em 17 partidas do clube após a pausa da Copa das Confederações.