icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/03/2014
08:44

Não dá para negar que a confiança faz com que as pessoas se superem na busca dos objetivos. No futebol, este sentimento também é válido com jogadores e treinadores. Na noite deste domingo, no clássico com o Botafogo, Jayme de Almeida, mesmo tendo Alecsandro como artilheiro do time, optou por colocar Hernane em campo. A confiança acabou falando mais alto.

Isto porque o Brocador foi poupado da última partida por conta de dores na coxa direita e, pelo fato de o Rubro-Negro já ter garantido a classificação às semifinais do Campeonato Carioca, poderia ser preservado do clássico visando o jogo de quarta-feira pela Copa Libertadores, contra o Bolívar (BOL).

Jayme de Almeida tem diversas razões para confiar em Hernane. No ano passado, por exemplo, ele foi o artilheiro com 36 gols. No último confronto com o Botafogo, inclusive, balançou a rede três vezes. E o sentimento aumenta mais quando se lembra do retrospecto dele no novo Maracanã, no qual o Brocador está na artilharia.

– O Hernane é o nosso jogador mais agudo, normalmente faz os gols e a nossa expectativa é a de que faça um grande clássico. E, como ele é o artilheiro do Maracanã, que faça os gols – ressaltou o treinador.

Com Alecsandro na sombra, Hernane sabe da importância de fazer valer a fama de artilheiro que tem, fazendo o que mais sabe em campo: brocar. Os gols de um toque só, em lances de oportunismo e posicionamento eficaz dentro da área fizeram ele conquistar cada vez mais confiança de todos os rubro-negros. E eles esperam por esta continuidade.