icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/07/2014
08:09

É uma espécie de mantra: o Internacional precisa romper um jejum que está chegando nos 10 meses e voltar a vencer fora de casa no Campeonato Brasileiro. A próxima chance de quebrar a marca ingrata será neste sábado, contra o Bahia, na Fonte Nova. O meia Alex admite que o clube gaúcho está com a confiança abalada para atuar longe de casa. Mas o equilíbrio é o mantra para jogar isso para longe e se encorpar após a goleada por 4 a 0 no Flamengo.

A última vitória como visitante no Brasileiro aconteceu contra o Criciúma, no dia 15 de setembro. Otávio marcou o gol no Heriberto Hulse. Estiveram em campo Alex, D'Alessandro, Willians, Alan Patrick e Juan daqueles que iniciam em Salvador.

O camisa 12, experiente, afirma que a saída para os colorados retomarem um caminho de vitórias longe do Beira-Rio é manter o equilíbrio entre uma solidez defensiva e eficiência ao criar chances de marcar os gols.

- Tem que fazer acontecer as coisas. Se faz um bom jogo, de forma consistente, vai estar mais perto de vencer a partida. Faz a diferença. Um domina um pouco, outra um tempo. Quem domina dois terços tem mais condições de vencer. Mas se vem vencendo fora a confiança está maior. Obviamente a confiança que temos em casa é mais forte que a fora. Quando vencermos a primeira, a regularidade de vitórias necessária vai acabar vindo de uma forma natural. A vitória sempre traz benefício - discurso o meia.

Alex será justamente a novidade no time colorado que entra em campo. Sem Aránguiz, lesionado, o meia assume a função pelo lado esquerdo. O restante da equipe é a mesma que venceu os cariocas no Beira-Rio: Dida; Wellington Silva, Paulão, Juan e Fabrício; Willians, Wellington, D'Alessandro, Alan Patrick e Alex; Rafael Moura.

- Uma hora tem que vir a vitória. Cada jogo é uma nova oportunidade. O momento do Bahia pode não ser bom, mas o nosso de confiança de jogar fora acaba não sendo alta também. Tivemos algumas oportunidades de vencer e faltou a eficiência, seja na frente ou atrás. Vamos tentar aproveitar essa oportunidade nova, futebol tem muito disso, de dar novas chances. Se a gente aproveitar, automaticamente vamos tirar um peso, mas é necessário a gente vencer, porque estamos atrás na pontuação - completou Alex.

O Colorado volta a treinar às 11h desta sexta-feira. A viagem para Salvador acontece à tarde. Na próxima semana, os gaúchos voltam a atuar pela Copa do Brasil, contra o Ceará, na terceira fase da competição, no Beira-Rio.