icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/11/2013
11:02

Eliminado da Copa do Brasil na última quarta-feira, o Goiás só poderá disputar a Libertadores do ano que vem via Campeonato Brasileiro. E para alcançar esse nobre ojetivo, o Esmeraldino, primeiro, precisa ingressar no G4 da competição, o que pode acontecer nesta quarta, quando receberá a Ponte Preta, no Serra Dourada, a partir das 19h30, em duelo válido pela 34ª rodada do Brasileirão e que terá transmissão em tempo real pelo LANCE!Net.

Quinto colocado no Brasileiro com 53 pontos, o Goiás tem a mesma pontuação do Botafogo, o quarto, e um ponto a menos que o Grêmio, o terceiro. Caso um dos seus principais concorrentes não vença logo mais - recebem Portuguesa e Bahia, respectivamente, e o Esmeraldino derrota a Ponte, o tão sonhado G4 será realidade para os comandados de Enderson Moreira.

Certeza no time que enfrentará a Ponte logo mais é a presença do meia-atacante Roni na vaga de Hugo, que, novamente, cumprirá suspensão automática, algo que tem sido rotina para ele. Já Walter, artilheiro do time na temporada com 28 gols, deve ser opção no banco de reservas. Recuperado de lesão na coxa direita, ele desfalcou o Goiás nos últimos cinco jogos do time, sendo dois na Copa do Brasil. Léo Bonatini é o mais cotado para seguir sendo a referência do ataque esmeraldino.

- É um grande momento na história do Goiás. Podemos conquistar uma vaga na Libertadores logo no ano seguinte ao retorno à primeira divisão. Sabemos que a eliminação na Copa do Brasil é recente, mas mostramos que esse acontecimento não interferiu na boa campanha que vínhamos fazendo no Brasileiro - disse o zagueiro Rodrigo, antes de completar:

- Nos superamos diante do próprio Flamengo e conquistamos um ponto importante, que nos faz voltar todo nosso foco para buscar essa vaga. Acredito que o torcedor está feliz com nosso desempenho e animado para nos apoiar nessa reta final. Vamos precisar bastante deles para atingir esse objetivo tão sonhado pela torcida e cada vez mais possível de se realizar.

PONTE BUSCA A SALVAÇÃO NO BRASILEIRO

Do céu ao inferno. Essa é a melhor definição da situação da Ponte Preta na ultima semana. Após a vitória histórica contra o Vélez Sarsfield, na Argentina, que classificou a equipe para as semifinais da Copa Sul-Americana, o banho de água fria no Brasileirão: derrota por 3 a 0, em casa, para o Vitória, no último domingo.

Apesar do resultado negativo e de ter caído para a penúltima colocação, a Macaca está a apenas três pontos do Vasco, primeiro time fora da zona de rebaixamento. Em caso de vitória nesta quarta e tropeço de Vasco, Criciúma e Fluminense, a Macaca pode deixar a zona da degola.

Para a partida diante do Goiás, o principal desfalque do técnico Jorginho é o volante Baraka, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Magal, Alef e Fernando Bob brigam por duas posições no meio. O treinador pontepretano pode também promover novamente um rodízio entre atletas para evitar o desgaste com a sequência de jogos. O experiente meia Adrianinho é um dos cotados a ser poupado.

Recuperado de lesão e tentando retomar a boa fase, o atacante William lamentou o último resultado, mas segue confiante para livrar a equipe do rebaixamento.

- Creio que no momento certo a gente vai sair da zona de rebaixamento e é para não voltar mais. Enquanto temos essa esperança, vamos em busca dela. Domingo era um jogo para darmos alegria ao torcedor. Infelizmente futebol tem disso e diversos fatores fizeram com que não saíssemos com o resultado positivo - destacou o artilheiro da Ponte no Brasileirão, com 14 gols.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS X PONTE PRETA

Local: Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data-Hora: 13/11/2013 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Cláudio Mercante Júnior (PE)
Auxiliares: Marrubson Melo Freitas (DF) e Ricardo Bezerra Chianca (PE)

GOIÁS: Renan, Vitor, Ernando, Rodrigo e William Matheus; Amaral, David, Renan Oliveira, Roni e Eduardo Sasha; Léo Bonatini - Técnico: Enderson Moreira.

PONTE PRETA: Roberto, Régis (Artur), Ferron, Diego Sacoman e Uendel; Magal, Alef (Fernando Bob), Fellipe Bastos e Elias (Adrianinho); Rildo e William - Técnico: Jorginho.