icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/11/2013
21:57

O São Paulo não conseguiu sair de um empate com o Botafogo no dia em que Rogério Ceni atingiu a marca de 1.117 partidas e ultapassou Pelé como o jogador que mais vezes atuou por uma equipe brasileira. Apesar do resultado de 1 a 1 no Morumbi, o goleiro agradeceu a presença da torcida, que comprou 12.682 ingressos em uma noite de chuva na capital paulista, e só lamentou por não ter conseguido a vitória.

- Agradeço à torcida, porque foi uma noite de chuva, às 19h30 do domingo, e o jogo nem vale mais para Libertadores, não desce, não sobe. Fica atípico para quem vê o São Paulo brigar sempre no topo. Uma pena não termos saído com a vitória, foi um placar ingrato, mais pena ainda de ter perdido para a Ponte Preta na semana passada - comentou Ceni, que vestiu a camisa 10 na homenagem promovida pelo Tricolor neste domingo.

Com fogos de artifício e muita vibração das arquibancadas, Rogério teve trabalho para conter o Botafogo em partida válida pela 36ª rodada do Brasileirão. Apesar do empate que deixou a equipe em nono lugar, o goleiro relembrou a derrota por 3 a 1 para a Ponte Preta, que dificultou a caminhada tricolor na Copa Sul-americana.

- Vamos entrar de cabeça no ultimo motivo que temos no ano para levar o São Paulo a um título. Contra o Botafogo, foi um jogo melhor jogado do que quarta, que foi atípico. Desconheço meu time jogar daquela maneira, não condiz com a nossa história, que resgatamos no segundo semestre - afirmou o recordista, antes de completar, para a alegria da torcida, que torce pela renovação do contrato a vencer no próximo dia 31 de dezembro.

- Muita coisa tem que dar certo para você entrar 1.117 vezes em um campo de futebol.