icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/12/2013
21:30

Quatro dias depois de ser derrotado pelo Flamengo na final da Copa do Brasil, o Atlético-PR perdeu mais uma chance de garantir uma vaga na próxima Libertadores. Uma vitória sobre o Santos já seria suficiente, mas o meia Cícero brilhou com dois gols e garantiu o triunfo do Peixe: 2 a 1, em São José do Rio Preto.

Mesmo sem pretensões no Campeonato Brasileiro, o Alvinegro é o melhor paulista na tabela: oitavo lugar, com 54 pontos. Ironicamente, terá participação importante na briga do Furacão pela Libertadores, já que visita o Goiás, na última rodada. O Esmeraldino está em quarto, com 59 pontos, e briga pelo terceiro lugar, que hoje é do Furacão, com 61. Na última rodada, o Atlético-PR recebe o Vasco dependendo de um empate. Quem ficar em quarto precisará torcer pela derrota da Ponte Preta para o Lanús na decisão da Sul-Americana.

O primeiro tempo até deu a impressão de que a falta de interesse do Peixe ajudaria os visitantes. Com Montillo apagado e Thiago Ribeiro em tarde sem inspiração, os santistas mal haviam chegado perto da área quando Ederson cruzou da direita e Marcelo cabeceou com força, sem chances para Aranha. Mas, talvez como reflexo da "ressaca" do vice-campeonato da Copa do Brasil, os comandados de Vagner Mancini não jogaram o futebol que os credenciou a brigar no G4.

O Peixe acordou ao mesmo tempo em que a defesa rubro-negra cochilou. Pouco depois de sair em desvantagem, aos 33, os paulistas empataram: Cicinho recebeu de Geuvânio e teve liberdade para cruzar na cabeça de Cícero, que mostrou a impulsão de sempre e cabeceou para a rede.

O jogo ficou morno, mas a primeira troca de Claudinei Oliveira foi de um zagueiro por outro: Edu Dracena, que já tinha amarelo, deu lugar a Durval aos 11 minutos do segundo tempo. Curiosamente, foi dos pés de Durval que saiu o lindo lançamento para o gol da vitória, aos 32. Depois do belo passe de três dedos do defensor, Cícero só teve o trabalho de encobrir o goleiro e definir o triunfo.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 2 X 1 ATLÉTICO-PR

Estádio: Teixeirão, São José do Rio Preto (SP)
Data/hora: 1/12/2013 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Auxiliares: Marrubson Melo Freitas e Cleriston Clay Barretos
Público e renda: -
Cartões amarelos: Marcelo, Everton e Bruno Silva (APR); Edu Dracena, Alan Santos (SAN)
Cartões vermelhos: -

Gols: Marcelo, aos 27'1ºT (0-1); Cícero, aos 33'1ºT (1-1) e aos 32'2ºT (2-1);

SANTOS: Aranha, Cicinho (Bruno Peres, 45'2ºT), Edu Dracena (Durval, 11'2ºT), Gustavo Henrique e Mena; Marcos Assunção (Renato Abreu, 25'2ºT), Alan Santos, Cícero e Montillo; Thiago Ribeiro e Geuvânio. Técnico: Claudinei Oliveira

ATLÉTICO-PR: Weverton, Léo, Manoel, Luiz Alberto e Juninho; Deivid, Bruno Silva (Roger, 45'2ºT), João Paulo (Zezinho, 23'2ºT) e Everton; Marcelo e Éderson (Dellatorre, 23'2ºT). Técnico: Vagner Mancini