icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/11/2013
21:28

O Botafogo voltou a vencer depois de três partidas. E aproveitou para golear. O time derrotou o Atlético-PR por 4 a 0, no Maracanã, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Alvinegro voltou a zona de classificação para a Libertadores, subindo para a terceira posição, com 57 pontos. Já os paranaenses se mantiveram na segunda colocação do campeonato com 58 pontos.

Na próxima rodada, o Botafogo enfrenta o São Paulo no domingo, às 19h30, no Morumbi. No mesmo dia, o Atlético-PR recebe o Náutico, às 17h, na Arena Joinville. Antes disso, o Furacão tem ainda o primeiro confronto com o Flamengo pela final da Copa do Brasil, na quarta-feira, às 21h50, na Vila Capanema.

QUANDO SEEDORF APARECE, O GOL TAMBÉM VEM

Com sete jogadores reservas no Atlético, o Botafogo tomou a iniciativa da partida. Contando com uma atuação mais participativa de Seedorf e aproveitando a velocidade de Hyuri, o Alvinegro chegava mais vezes à meta adversária. E foi com uma assistência do holandês que o Botafogo chegou ao primeiro gol. Depois de belo cruzamento de Renato de trivela pelo lado esquerdo, Seedorf escorou a bola de cabeça para Elias, de peixinho, colocar para o fundo das redes: 1 a 0, as 27 minutos.

Mais uma vez com a participação de Seedorf, o Botafogo quase amplia o placar. O camisa 10 fez jogada individual pelo lado direito e cruzou para Rafael Marques, que pegou de primeira quase na marca do pênalti e acertou o travessão de Weverton. Ele tanto serviu que fez o dele. Ao 36 minutos, após indecisão da zaga do Atlético-PR, a bola sobrou para Seedorf marcar o segundo o Botafogo: 2 a 0, com o time dominando todo o primeiro tempo.

FURACÃO PRESSIONA, MAS ERA DIA DO ALVINEGRO

O Atlético-PR já voltou do intervalo mostrando que queria mudança na partida. O técnico Vagner Mancini mexeu no time antes mesmo da bola voltar a rolar e, com Dellatorre no lugar de Fran Mérida, os paranaenses passaram a ser mais ofensivos e tiveram chances de gol mais efetivas do que em todo o primeiro tempo. Com Ederson aos 7 minutos de falta e com Manoel aos 18, com belo chute da entrada da área, o Atlético dominou a primeira metade do segundo tempo.

Apesar da pressão paranaense, o Botafogo voltou a equilibrar o jogo com Rafael Marques, que acertou a trave pela segunda vez no jogo, após receber passe de Renato e chutar cruzado. A vida dos cariocas ficou ainda mais tranquila quando Léo foi expulso aos 30 minutos, depois de fazer faltas duras em Seedorf e Rafael Marques. A noite ainda teve o retorno de um atacante. Bruno Mendes entrou aos 20 minutos para substituir Elias, que saiu contundido, e desencantou. De vez. O atacante marcou duas vezes em menos de cinco minutos e transformou a vitória em goleada. Ainda teve tempo para o zagueiro Bolívar ser expulso após receber o segundo cartão amarelo, aos 43.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 4X0 ATLÉTICO-PR

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 16/11/2013 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP) (Fifa)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) (Fifa) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Público/Renda: 10.924 pagantes / R$ 252.940,00
Cartões Amarelos: Bolívar (BOT) e Bruno Silva, Léo (CAP)
Cartões Vermelhos: Bolívar (BOT) e Léo (CAP)
Gols: Eilas (27'/1ºT), Seedorf (36'/1ºT), Bruno Mendes (32'/2ºT e 37'/2ºT)

BOTAFOGO: Jefferson, Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar (Lima, 35'/2ºT); Gabriel, Renato, Hyuri (Octávio, 38'/2ºT), Seedorf e Rafael Marques; Elias (Bruno Mendes, 20'/2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

ATLÉTICO-PR: Weverton, Léo, Manoel, Luiz Alberto e Juninho; Bruno Silva, João Paulo, Fran Mérida (Dellatorre, Intervalo) e Everton; Ederson (Roger, 20'/2°T) e Marcelo (Jonas, 34'/2ºT). Técnico: Vagner Mancini.