icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/11/2014
09:00

O duelo principal do UFC Austin reunia dois dos principais nomes da categoria dos penas e o possível adversário de José Aldo, pelo cinturão da divisão. Com uma atuação irretocável, Frankie Edgar não tomou conhecimento de Cub Swanson e venceu por finalização por mata-leão, faltando quatro segundos para o fim da luta. Essa foi a finalização mais tardia da história da organização.

Swanson começou o combate dominando o centro do octógono e desferindo golpes, mas com uma movimentação incrível, Edgar não se incomodava com as investidas do adversário e usava os contra-ataques e quedas precisas, que lhe renderam pontos importantes. Na segunda parcial, o ex-campeão dos leves do UFC não perdeu tempo e levou a peleja para o solo, onde dominou as ações e abriu um ferimento no rosto do rival.

No terceiro assalto, Edgar repetiu a estratégia que estava dando certo no combate e derrubou logo de cara Swanson. O atual número dois da categoria dos penas não deixou o adversário respirar, o travando no solo e conectando duros golpes em sua guarda. Frankie já voltou a quedar o compatriota no quatro round e desceu uma chuva de socos em Cub, que estava perdido na luta e não conseguia escapar dos ataques. O assalto final, Swanson sobreviveu as investidas de Edgar, que encaixou estrangulamento e um katagatame, mas no fim, faltando quatro segundos para o fim da peleja, Swanson não resistiu e foi finalizado com um mata-leão.

- Dana, você disse que estaria me vendo e vai me dar a chance pelo cinturão agora? Vamos lá. Se o Aldo não vier até mim, eu vou até ele. Isso é só o começo. Sempre quero terminar as lutas da maneira que for e consegui dessa vez - disse Edgar, em entrevista após a luta.

Após ser derrotado por Aldo, Frankie Edgar agora soma três vitórias consecutivas na categoria dos penas e pode se candidatar a voltar a disputar o título da divisão. Já Cub Swanson, que vinha de seis resultados positivos, tem o sonho de brigar pelo cinturão adiado.

Card principal:
Frankie Edgar finalizou Cub Swanson por mata-leão no 5R
Edson Barboza venceu Bobby Green por decisão unânime
Chico Camus venceu Brad Picket por decisão dividida
Oleksiy Oliynyk venceu Jared Rosholt por nocaute técnico no 1R
Joseph Benavidez derrotou Dustin Ortiz por decisão unânime
Matt Wiman derrotou Isaac Vallie-Flagg por decisão unânime
Card preliminar
Ruslan Magomedov derrotou Josh Copeland por decisão unânime
Roger Narvaez derrotou Luke Barnatt por decisão dividida
James Vick derrrotou Nick Hein por decisão unânime
Akbahr Arreola finalizou Yves Edwards com um arm-lock no 1R
Paige VanZant derrotou Kailin Curran por nocaute técnico no 3R
Dooho Choi derrotou Juan Puig por nocaute técnico no 1R